Foxconn admite trabalho infantil em suas fábricasA fabricante de eletrônicos Foxconn, responsável pela montagem eletroeletrônicos para Sony, Apple e Dell, admitiu que contratou trabalhadores menores de idade em uma fábrica na China. A empresa disfarçava a prática como um programa de estágio.

Uma blitz em sua planta de Yantai, no nordeste da China, descobriu que alguns funcionários estavam abaixo da idade legal de trabalho de 16 anos.

A empresa não disse quantos menores de idade estavam empregados no local. No entanto, as crianças trabalharam por "cerca de três semanas", disse a Foxconn em um comunicado oficial, no âmbito de um programa de estágio realizado em cooperação com escolas de formação profissional e outras instalações educacionais.

Segundo a companhia, "medidas imediatas" foram tomadas para devolver as crianças para suas escolas.

-----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------

A Foxconn admitiu que a contratação dos estagiários menores de idade não apenas violou as leis de trabalho da China, mas também foi contra sua política interna.

"Nós reconhecemos total responsabilidade por estas violações e pedimos desculpas a cada um dos alunos", anunciou a empresa.

A divulgação desse comunicado veio após a a organização de direitos China Labor Watch informou sobre o uso de trabalho infantil na fábrica de Yantai, fato amplamente divulgado pela mídia internacional.

Geoffrey Crothall, um porta-voz do grupo, disse que os estagiários representam uma fonte barata e conveniente de trabalho na China e que muitas vezes não há nenhum aprendizado real ou formação envolvidos.

Esta é apenas a mais recente revelação de uma série de problemas trabalhistas nas fábricas da Foxconn na China, incluindo uma série de suicídios supostamente causados ​​por duras condições de trabalho e protestos dos trabalhadores migrantes contra as condições de vida dentro da fábrica.

Autor(es):

facebook      twitter      google+

Segurança do Trabalho
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Segurança do Trabalho