Processo de destintamento de papel Destintamento é um processo industrial que remove a tinta e o material adesivo a partir do papel reciclado. Um processo de lavagem da polpa remove as partículas pequenas de tinta por lavagem com uma mistura de água e de agentes de dispersão, que são usados para quebrar óleos. As partículas maiores e os adesivos são removidos por um processo de flotação. Os surfactantes, produtos químicos utilizados para auxiliar na limpeza, são combinados com ar e injetados em uma polpa. Isto faz com que os contaminantes se soltem e flutuem para a superfície, onde podem ser removidas.

A reciclagem de papel produz 35% menos poluição na água e menos 74% de poluição do ar, se comparada com a produção de papel a partir de matérias-primas. Material impresso descartado após o uso, tais como jornais, revistas e material de escritório, constitui uma percentagem significativa de todo o papel passível de reciclagem. O tratamento deste material desempenha uma função importante em esforços para o controle da poluição e da sustentabilidade. Para o material impresso, o processo de reciclagem inteiro é, por vezes, referido como destintagem.

Resíduos de papel são cortados em pequenos pedaços por um desintegrador. Água e produtos químicos são, então, adicionados para ajustar o nível de pH, auxiliando no branqueamento e atuando como um agente emulsionante. O material sai do digestor como uma massa espessa, que vai para um dispositivo de limpeza centrífugo. A força de rotação deste aparelho ejeta contaminantes maiores do que as fibras de celulose por meio de telas.

Toda esta massa de papel passará pelo processo de destintamento

Toda esta massa de papel passará pelo processo de destintamento

O estágio de destintamento literal segue e se baseia em dois processos principais, incluindo lavagem e flutuação. O processo de lavagem é mais usado na América do Norte para fazer produtos de papel de higiene. A suspensão de pasta é lavada com água e dispersantes que removem as partículas finas de tinta, quando a água é sugada da mistura. Até 80 por cento das fibras de papel original são recuperadas. Este método também tem sido utilizado com sucesso no tratamento de jornais velhos.

Na Europa, o processo de destintagem mais comumente usado é de flutuação em espuma. Surfactantes químicos são adicionados à pasta de papel. Estes produtos químicos formam uma camada espumosa na parte superior da pasta. As bolhas de ar são injetadas para dentro da mistura, que transporta a tinta para a superfície, onde ela é presa na camada de espuma.

Dos dois processos, o método de lavagem é superior na remoção de pequenas partículas de tinta. O método de flutuação oferece a maior percentagem de fibra de celulose original. Este processo também produz menos água contaminada. Uma combinação de ambos os processos é muitas vezes utilizado na eliminação de tinta de alta qualidade de resíduos de escritórios.
----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------

Apesar dos benefícios ecológicos da reciclagem de papel para o meio ambiente, o maior o custo de destintamento pode ser um fator proibitivo. Os dois processos são menos bem sucedidos no tratamento de produtos se comparados a alguns métodos de impressão modernos. Técnicas para melhorar e economizar destintamento podem ser úteis no sentido de incentivar o processo.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Meio Ambiente
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Meio Ambiente