Como funciona o mercado localO mercado local é um mercado de valores ou bens onde as mercadorias, tanto perecíveis quanto não-perecíveis, são vendidas por dinheiro e entregues imediatamente ou dentro de um curto período de tempo.

Contratos vendidos em um mercado local também têm validade imediata.

Também conhecido como mercado de ponto, mercado à vista ou mercado físico, nesse modelo as compras são liquidadas em dinheiro dentro dos preços correntes estabelecidos pelo mercado, ao contrário do preço no momento da entrega.

----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------


Um exemplo de mercado local de commodities é o petróleo bruto, que é vendido a preços correntes e fisicamente entregue mais tarde.

A mercadoria é um bem básico que é intercambiável com outras commodities do tipo. Alguns exemplos de produtos são grãos, carne, petróleo, ouro, prata, energia e gás natural.

A tecnologia entrou no mercado com commodities como minutos de telefonia celular e serviços de banda larga. Commodities são padronizadas e devem atender a normas específicas para serem vendidas no mercado local.

O mercado local global, ou troca cambial (Forex), é uma enorme troca simultânea de moeda de um país para outro.

Um investidor escolhe duas moedas, como Real (Brasil) e Dólar (EUA), por exemplo. As moedas são compradas e vendidas no mercado local. Se o real está ganhando força em relação ao dólar, o investidor compra. Se está fraco, vende. O benefício de moeda estrangeira é que ela tem muita liquidez, ou seja, um investidor pode entrar e sair do mercado quando quiser.

Commodities e moedas são comuns no mercado local

Commodities e moedas estrangeiras são alvo do mercado local

O mercado local difere dos futuros na medida em que o preço no mercado de futuros é afetado pelo custo dos movimentos de preços de armazenamento e de futuro. No local, os preços podem ser afetados pelo oferta e demanda, o que tende a tornar os preços mais voláteis.

Outro fator que afeta os preços é se a mercadoria é perecível ou não. Os não-perecíveis, como o ouro ou a prata, vendem a um preço que reflete os movimentos de preços futuros. A mercadoria perecível, como grãos ou frutas, é afetada pela oferta e procura.

Por exemplo, tomates comprados em julho vão refletir o atual excedente de mercadoria e serão mais baratos do que em janeiro, quando surge a demanda por unidades de menores custos. Um investidor não pode comprar tomates para uma entrega em janeiro a preços de julho.

Autor(es):

facebook      twitter      google+

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia