Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

Index-Traub traz torno para área de microusinagem

Mais notícias relacionadas a máquinas & equipamentos:

Valor Global Máquinas inaugura nova loja em SP
Sede na capital paulista terá equipamentos e peças em estoque para reforçar atendimento em pós-venda.


Máquina cinco eixos da Okuma é premiada no Japão
Equipamento é usado para usinagem de peças complexas para indústrias como aeroespacial e energia.


O que é um compressor scroll
Dispositivo consiste em duas seções em espiral e é usado em sistemas de ar condicionado ...


Um dos sucessos da Index Tornos, de Sorocaba (SP), no Brasil, é a linha de tornos TNL 12, de cabeçote móvel, fabricada pela Traub, integrante do mesmo grupo. Agora, a Index traz ao mercado brasileiro outra versão dessa máquina, sem a bucha-guia, o TNL 12K, ideal para microusinagem de peças curtas.

Segundo Ademar Sinji Ono, engenheiro de Vendas, a máquina é voltada para a produção de peças curtas. Pode ter até nove eixos e trabalhar com quatro ferramentas simultâneas para a produção de componentes para implantes odontológicos, componentes elétricos e eletrônicos e conexões. "O TNL 12K realiza operações de torneamento, fresamento, geracão de engrenagens e furação fora de centro. Na maioria dos casos, a peça sai pronta", informa Ono, que acredita que a máquina terá grande aceitação no segmento de odontologia, que - embora tenha crescido bastante nos últimos anos - ainda tem potencial para expansão no País.

A máquina é rápida e produtiva como os tornos de cabeçote móvel, mas de manuseio fácil. "Na verdade, ela combina estes dois conceitos de máquinas", diz o engenheiro, acrescentando que é ainda mais econômico no que se refere à sobra de material, além de aceitar materiais de maior tolerância.

A Index-Traub, aliás, divulgou um case sobre a aplicação do TNL 12K num fabricante de relógios de Barbing, na Alemanha. Konrad Damasko produz várias peças de precisão para os seus relógios, alcançando produtividade normalmente reservada aos tornos de cabeçote móvel, mas sem utilizar a bucha-guia. "Isso simplifica consideravelmente a operação", afirma Hans-Joachim Koschig, diretor de Vendas da Traub GmbH, lembrando que a bucha-guia exige ajuste preciso e requer reajustes para cada tipo de material. A conseqüência da manipulação mais simples são tempos de carga mais reduzidos.

A TNL 12K é de estrutura modular. Pode ter até nove eixos lineares, dois cabeçotes-revólver, assim como uma estação frontal e uma posterior. Assim, até peças complexas de seis lados podem ser usinadas totalmente. "Enquanto a estação frontal e os dois cabeçotes-revólver trabalham numa das peças, a estação posterior usina o lado posterior da peça anterior", explica Koschig, lembrando que os cabeçotes-revólver oferecem posições para até seis ferramentas acionadas, enquanto a estação frontal e a posterior têm quatro estações. Se necessário, pode-se colocar até 38 ferramentas com auxilio de suportes duplos.

"Mediante um parafuso de fixação central, cada uma das estações pode ser carregada com um simples movimento de mão e com precisão de repetibilidade de 10µm”, diz. A troca de suportes de ferramentas se dá em 30 s.

Os dois planos de trabalho independentes, perpendiculares entre si, evitam as colisões e atuam simultaneamente com várias ferramentas. A vantagem é que as ferramentas ao trabalharem simultaneamente têm atuação independente. "Esse é o nosso diferencial. Cada um dos nossos sistemas de ferramentas tem os seus próprios eixos na direção X e Z, o que aumenta a segurança do processo e a produtividade".

Segundo a Index-Traub, no case relatado, o usuário Damasko utiliza a máquina em três turnos, sem nenhuma reclamação, há mais de dois anos. Na TNL 12K, Damasko produz, além das coroas e trincos, com engrenagens longas e serrilhadas, fabrica peças para a indústria elétrica e de máquinas, em lotes que variam de 1.000 a 20.000 peças. "Nós usinamos pinos para mancais de esferas num passo de usinagem até o acabamento. O diâmetro é de 0,8mm e a tolerância de 2µm".

"Temos clientes que usam a TNL como única máquina de trabalho durante sete dias por semana. Outros fabricam séries pequenas de 200 ou 300 peças", complementa o gerente de Vendas da Traub, frisando que a máquina também pode ser utilizada em peças pré-usinadas, carregadas através de canal de magazine.

A Traub buscou, com esse desenvolvimento, a construção de uma máquina rápida para recarregar e fácil de programar. Para tanto, o design contribuiu com a área de trabalho acessível por dois lados e o comando TX8i, que conta com hardware da Mitsubishi e o software da própria Traub.

Com a técnica de diálogo integrada, os ciclos do processo podem ser supervisionados e mesmo peças complexas podem ser programadas diretamente na máquina, assim como programas prontos podem ser editados. Cada um dos sistemas (cabeçote-revólver, a estação frontal ou posterior) pode ser programado separadamente, característica que permite a multiplicidade do TNL 12K. A máquina também conta com sistema de simulação, em tempo real, que reduz o tempo de preparação, entre outros aplicativos.

O tempo de indexação do revólver é de 70ms e o tempo de cavaco-a-cavaco é de 0,3 s. "Devido à indexação do revólver ultra-rápida, das trajetórias pequenas e da elevada dinâmica dos fusos e dos acionamentos dos eixos, conseguimos tempo de ciclos extremamente curtos", acentua Koschig. Conforme a complexidade das peças, esses tempos podem variar de poucos segundos a alguns minutos. Frente aos sistemas de ferramentas de distribuição linear (gang), os cabeçotes-revólver dinâmicos oferecem mais uma vantagem: os cavacos aderidos, durante o processo de indexação são ejetados e não tem influência sobre o processo.

Desde 2002 no mercado mundial, as máquinas TNL 12K fabricam peças como componentes hidráulicos, peças para medição e comando, para eletrônica e medicinal, para construção geral de máquinas e para a indústria de componentes óticos, elementos para jóias e relógios. Usinam todos os tipos de aços, materiais sintéticos, teflon, latão, titânio, ouro e platina. Para os que trabalham com materiais nobres, como os dois últimos, a vantagem de não usar bucha-guia é mais evidente: as peças residuais das barras têm apenas um terço do comprimento das peças que sobram numa máquina de cabeçote móvel.

Usinagem Brasil

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a máquinas & equipamentos:

O que é uma chave de rodas

A chave de rodas é uma ferramenta concebida para remover as porcas da roda de um veículo. Muitas vezes referida como uma chave de macaco ou uma chave de tal ...
Válvula bico de pato

A válvula bico de pato é um componente de canalizações utilizado para controlar o fluxo de água ou outros líquidos no interior de um tubo. Estas válvulas ...
Características de uma chave de macaco

A chave de macaco é um tipo de chave de mão de tamanho ajustável que foi muito usado durante o século 19. Desde então, este estilo de ...
Como funciona uma chave ajustável

Uma chave ajustável é uma chave que pode ser ajustada para diferentes configurações, geralmente em relação ao tamanho, para se encaixar numa variedade de porcas hexagonais. A chave ...
Chave de impacto

Uma chave de impacto é ferramenta usada para apertar ou desapertar um parafuso de pressão utilizando um martelo, o qual é convertido num movimento de torção no interior da ferramenta ...
Lixadeira de drywall

A lixadeira de drywall é usada para suavizar a areia e o composto reboco utilizado na instalação de drywall. A tarefa de lixar drywall é um dos aspectos mais frustrantes e ...
Usos de uma plaina roteadora

O termo “plaina roteadora” pode ser utilizado para descrever um dos dois tipos de ferramentas elétricas para trabalhar madeira. Ambos são usados para aplainar a superfície do ...

Máquinas & Equipamentos
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Máquinas & Equipamentos


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google