Ministro francês ameaça expulsar Arcelor Mittal do paísA Arcelor Mittal não é mais bem-vinda na França. Foi o que disse Arnaud Montebourg, ministro da recuperação industrial, ao diário L'Echo. Ele acusa a siderúrgica de "mentir" e "desrespeitar" o país.

A multinacional irritou trabalhadores e o governo ao anunciar, em outubro, planos para fechar dois fornos na sua fábrica em Florange, tradicional produtora de aço no nordeste francês, dando ao governo um prazo de carência de 60 dias para procurar um novo proprietário.

A família Mittal disse que está "extremamente chocada" com os comentários.

-----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------

O ministro, que já havia protestado contra o fechamento de uma fábrica da Peugeot, acusou a empresa de aço de contar "enormes mentiras" e disse que o encerramento dos fornos em Florange quebra uma promessa feita pelo executivo-chefe Lakshmi Mittal de investir 26,9 bilhões de euros no país em 2006, ação fortemente contestada na época pelos ministros franceses.

A cúpula executiva da empresa deve se reunir com o presidente François Hollande amanhã para discutir as operações do grupo no país.

O governo afirma que recebeu duas ofertas, mas apenas para a fábrica inteira de Florange. Já a Mittal se recusou a vender a operação completa, que emprega um total de 20 mil trabalhadores na região.

Autor(es):

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas