A TaeguTec, fabricante de ferramentas da Coréia do Sul, acaba de apresentar mais uma inovação: ferramentas de corte de cerâmica com quebra-cavaco. Trata-se da primeira empresa no mundo a fazê-lo. A novidade reduz as forças de corte em 10 a 15%, amplia a vida útil da ferramenta e oferece melhores condições de corte em altos avanços e cortes interrompidos.

A nova ferramenta foi apresentada por Su-Yong Shin, gerente de Produtos de Torneamento, que esteve no Brasil na segunda quinzena de setembro para apresentar novas linhas de produtos para os distribuidores e a equipe interna da TaeguBrasil.

Para Shin, a novidade vem ao encontro das necessidades das indústrias brasileiras. O gerente esteve visitando alguns clientes da TaeguBrasil – aliás, ficou bem impressionado com o que viu, especialização no que se refere à utilização de altas velocidades de corte, acima de 1000 m/min. Para ele, a AS10 com quebra-cavaco vai encontrar grandes aplicações no mercado brasileiro, em particular na usinagem de discos de freio. Mas não só. A ferramenta também se aplica em aplicações em acabamento e desbaste de ferro fundido.

Shin também apresentou outras novidades, entre elas cerca de 15 novas geometrias, novos produtos na linha de cermets, novas classes de metal duro e um pacote de ferramentas para usinagem de ferros fundidos, batizado de T-Cast.

Trata-se na verdade de um reposicionamento da TaeguTec na linha de usinagem de ferros fundidos, como explica Daniel Yuhara, gerente Técnico da TaeguBrasil. "Nós pretendemos ampliar nossa participação na usinagem de ferro fundido no mercado nacional", diz. O gerente explica que o T-Cast traz várias novidades e evoluções de ferramentas já conhecidas. É o caso da TT-1300, para acabamento e semi-acabamento em ferro fundido cinzento, com novo substrato e nova cobertura.

"Essas novas características deram à TT-1300 um aumento da vida útil de 40%, e de até 70%, em alguns casos, como verificamos em testes realizados na Coréia", disse Shin. "É excelente para altas velocidades de corte em ferro fundido cinzento, capaz de trabalhar com 750 m/min, usinando a seco".

Autor(es): Usinagem Brasil

facebook      twitter      google+

Tecnologia & Inovação
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Tecnologia & Inovação