A Insaut de Vitória - ES (integrador Novus) desenvolveu um sistema de monitoração das tensões de células eletrolíticas na planta da Nexen Química Brasil. A Nexen optou pela migração do sistema existente baseado em PLC (antigo) pelo novo sistema fornecido em regime Turn-key pela Insaut, já que o sistema antigo estava obsoleto. Uma das vantagens deste novo sistema foi que o mesmo permitiu transferência a quente, o que facilitou muito a migração do novo projeto, conforme ressaltou o gerente de engenharia, Bill Schmitt.

"Agora temos uma monitoração on-line da tensão de cada célula com 100% de segurança para o processo e no mesmo ambiente de operação, sem causar traumas ao usuário do sistema", ressaltou. O sistema só foi possível graças a combinação de dois produtos Novus recém lançados no mercado: DigiRail e WebServer, além da facilidade de integração permitida pelo sistema de controle Delta V.

O projeto utiliza 78 DigiRails que transmitem as tensões das 78 células (0-10V) digitalmente, via protocolo Modbus, para 2 WebServers que, neste caso, atuam como concentradores de dados. Os WebServers ficam conectados ao sistema de controle da planta (DeltaV) também pela rede Modbus, transmitindo os valores das 78 células. Dentro do sistema de controle, as informações são registradas (valores de tensão) e exibidas numa única tela de operação. O sistema ainda oferece informações de status e diagnósticos enviados pelos transmissores, além de gráficos e relatórios.

Autor(es): Novus News

facebook      twitter      google+

Tecnologia & Inovação
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Tecnologia & Inovação