Acúmulo de gás foi causa de explosão no MéxicoAs autoridades mexicanas disseram que um acúmulo de gás levou à explosão na semana passada, que matou 37 pessoas na sede da Petróleos Mexicanos. Esta é a explicação oficial para a primeira explosão mortal do país desde 2006.

Os investigadores ainda estão averiguando se foi um acidente ou ato intencional de alguém, disse o procurador-geral, Jesus Murillo, a repórteres em uma conferência de imprensa na capital do país na noite passada, 04 de fevereiro. As autoridades têm indicações de que o incidente de 31 de janeiro envolveu a detonação de um vazamento de gás metano no subsolo do edifício B2, e não houve sinais de quaisquer explosivos no local, de acordo com o procurador-geral.

"Um acúmulo de gás, que foi combinado com uma faísca de um sistema elétrico no edifício, provocou esta tragédia", salientou Murillo. "Nós ainda precisamos passar por uma série de medidas a fim de determinar se o gás gerou a explosão, o seu ponto exato de origem e a análise da existência ou não são de pessoas responsáveis por isso".

A explicação é a primeira fornecida por autoridades mexicanas, que estavam quase silenciosas desde a explosão, há cinco dias, no centro da maior empresa do país em termos de receita e quarta maior produtora mundial de petróleo bruto.
----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------
Esta é a primeira explosão mortal do México desde um acidente ocorrida em uma mina em 2006. O presidente Enrique Pena Nieto, que assumiu o cargo em 01 de dezembro, planejou apresentar um projeto de lei para aumentar o investimento privado no setor de energia e reduzir os impostos sobre a Pemex, como a empresa é conhecida. A iniciativa seria a maior reforma da indústria de energia, desde que o país tomou campos de petróleo de empresas britânicas e dos EUA há 75 anos.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás