O que faz um arqueólogo industrialA arqueologia é um campo da ciência que se baseia principalmente na análise da história humana e da sociedade através de artefatos recuperados - assim, a arqueologia industrial é um subcampo focado no estudo e preservação de relíquias industriais. Um arqueólogo industrial analisa e preserva os restos de estruturas e plantas industriais.

Entre os objetivos dessa área do conhecimento está traçar a evolução de diversos processos industriais para determinar como se relacionam com a sociedade na qual eles foram encontrados. Encontrar artefatos é apenas uma pequena parte do trabalho de um arqueólogo industrial - tentar contextualizar social e historicamente os achados também é muito importante.

Apesar de um arqueólogo industrial poder se concentrar em questões que antecedem a revolução industrial, a maioria tende a concentrar-se nos achados desde o século 18 porque foi quando ocorreu a industrialização generalizada na Europa. Aqui no Brasil, isso aconteceu a partir do início do século 20.

-----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------

Alguns arqueólogos industriais se especializam na evolução de métodos industriais primitivos que já existem há centenas, se não milhares, de anos, como trabalho com pedras, metalurgia e mineração, por exemplo.

Essas práticas estão entre nós, de uma forma ou de outra, desde muito antes da revolução industrial. Em muitos casos, no entanto, um arqueólogo industrial opta por concentrar seus estudos em períodos de tempo após a revolução industrial, quando a indústria organizada tornou-se um aspecto fundamental de muitas sociedades. Mesmo que este nível de industrialização seja um desenvolvimento relativamente recente na história humana, o constante desenvolvimento de novos métodos e tecnologias levou à existência de muito material para a pesquisa do arqueólogo industrial.

Arqueologia industrial

Alunos visitam sítio arqueológico industrial

Em termos de emprego, um arqueólogo industrial provavelmente encontrará trabalho no setor acadêmico, no qual provavelmente vai dividir seu tempo entre ensino, trabalho de campo e pesquisa. O trabalho de campo geralmente envolve levantamento e escavação de sítios industriais e, se possível, a recuperação de alguns artefatos. A partir deste ponto, é necessária a utilização de todos os recursos disponíveis para realizar pesquisas destinadas a dar contexto social e histórico e importância para os resultados.

Pesquisa em arqueologia industrial, pelo menos em relação à Revolução Industrial, é muitas vezes facilitada pela abundância de informações precisas que existem sobre a época. Em outros casos, no entanto, pode ser difícil encontrar informações de confiança e pode ser necessário especular sobre as diferentes possibilidades para a importância de uma descoberta.

Autor(es):

facebook      twitter      google+

Carreira Industrial
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Carreira Industrial