A Honda Automóveis do Brasil (HAB) anunciou esta semana que irá construir um parque de energia eólica na cidade de Xangri-lá, no Rio Grande do Sul. A intenção é suprir toda a demanda de sua fábrica de automóveis, localizada na cidade de Sumaré (SP).

Estão previstos investimentos iniciais de R$ 100 milhões. As operações devem começar em setembro de 2014 e ficam a cargo da subsidiária Honda Energy do Brasil. Carlos Eigi Miyakuchi assume como presidente, vindo da diretoria executiva da montadora.

A energia será produzida por nove turbinas de 3MW, com capacidade instalada de 27MW. Isto representará a geração de 95.000 MWh/ano, o equivalente ao consumo de cidades como Aparecida e Barra Bonita (SP), com população estimada em 35 mil pessoas. Após a entrada em operação do parque eólico, a Honda deixará de emitir cerca de 2,2 mil toneladas de CO2 por ano, o que representa aproximadamente 30% do total gerado pela fábrica, que possui capacidade instalada para a produção de 150 mil carros por ano.

Recentemente a Honda Transmission Mfg. of America, Inc. (EUA), anunciou planos para instalação de duas turbinas para geração de energia eólica até o final de 2013 em sua unidade localizada em Russells Point, Ohio, porém as turbinas deverão suprir 10% da energia elétrica consumida pela fábrica.

A cidade de Xangri-lá foi escolhida por sua logística privilegiada, disponibilidade de ventos, infraestrutura já instalada, além de rede de transmissão e subestação a 1 km do parque eólico.

Autor(es):

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas