Rotatividade de estoqueEstoque rotativo é uma estratégia de logística comum empregada em pequenas e grandes lojas de varejo. Basicamente, o processo envolve a exibição de itens antigos para venda com mais destaque do que itens que foram adquiridos recentemente. A idéia por trás deste tipo de processo é fazer com que o consumidor leve os produtos mais antigos, a fim de abrir espaço para outros modelos diferentes e mais novos.

Enquanto a rotatividade de estoque é usada nos pontos de venda, a estratégia é particularmente importante quando se trata da venda de itens perecíveis, como alimentos empacotados ou frescos. Muitos itens embalados comercialmente, como cereais , enlatados e produtos lácteos, têm uma data-limite em que o produto deve ser vendido ou removido do display.

Conforme se aproxima a data de validade, os comerciantes tendem a mover esses itens para a frente das prateleiras de exposição, colocando novos produtos para trás. Para os consumidores casuais que não prestam atenção nas datas, há uma grande chance de que vão simplesmente escolher o item na parte da frente da prateleira.

Alguns fabricantes consideram a rotação de estoque essencial para a manutenção de uma imagem pública positiva. As empresas com essa mentalidade muitas vezes empregam pessoal que visitam as várias lojas que transportam seus produtos e determinam se é hora de remover os produtos mais velhos da exibição pública. Esta ação ajuda a garantir que os consumidores não comprem os produtos que estão à beira de se tornar obsoletos e, portanto, menos desejáveis em termos de qualidade ou sabor.

-----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------

Quando um fabricante emprega este tipo de política, não é raro que emitam algum tipo de crédito para os proprietários das lojas para os itens que são removidos de venda ao público.

Supermercados e lojas de conveniência comumente giram o estoque em uma base contínua. Movimentação de produtos para a frente às vezes é estimulada com algum tipo de desconto sobre o preço de varejo normal. Por exemplo, um supermercado pode aplicar um desconto de até 50% em uma caixa de leite que está prestes a atingir o seu prazo de validade em um esforço para obter o máximo de lucro com o item possível.

Estoque rotativo ajuda a fazer circular as mercadorias

Giro do estoque na distribuição e no ponto de venda

Às vezes, as carnes têm seus preços reduzidos para que sejam vendidas antes que estraguem. O estoque rotativo é movido para uma posição mais proeminente nas geladeiras do que as carnes preparadas na hora, melhorando as chances de que os compradores vejam as carnes e comprem para uso dentro de um futuro próximo.

Mesmo produtos mais antigos, que não sejam degradáveis, ​​são por vezes rodados. Roupas que estão prestes a sair da estação são movidas para uma área de destaque da exposição no ponto de venda em um esforço para vender os itens antes da chegada da nova coleção.

Equipamentos de áudio, vídeo, como CDs ou programas de software, e eletrodomésticos podem ser deslocados trabalhando com a teoria que a rotação de produtos para uma área mais proeminente torna possível para vender as unidades antes de se tornarem obsoletas.

O processo de rotação do estoque é uma simples estratégia de marketing que muitas vezes pode ajudar a minimizar a perda para o comerciante, bem como para o fabricante. Ele não funciona em todos os casos, no entanto. Itens que são sazonais ou considerados modismos podem deixar de vender, mesmo quando bem visíveis e oferecidos com desconto. Além disso, os compradores experientes estão familiarizados com o conceito e, muitas vezes, chegam até um item que está na parte de trás da prateleira, desconsiderando os produtos que são exibidos na frente.

Autor(es):

facebook      twitter      google+

Armazenagem & Logística
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Armazenagem & Logística