A SKF, líder mundial na produção de rolamentos e soluções industriais, acaba de investir R$ 20 milhões na expansão da produção de sua planta industrial no Brasil, com a instalação de uma nova linha de produção de rolamentos para veículos leves na fábrica de Cajamar (SP), inteiramente dedicada ao mercado exterior.

A plataforma, que começa a operar em 5 de outubro, terá capacidade de produção de 5 milhões de unidades ao ano. “Vamos dobrar nossas exportações já em 2006”, diz Donizete Santos, presidente da SKF no Brasil, que vai passar a exportar 20% do volume total fabricado no país.

Novos investimentos estão sendo analisados pela empresa, visando a ocupação total da área expandida. Tais investimentos em discussão devem ser destinados à instalação de outros canais de produção, na unidade industrial de Cajamar. “Embora não tenhamos aprovação de nova etapa de investimentos, os estudos em andamento contemplam a possibilidade de exportarmos 35% da produção da fábrica brasileira”, estima Santos.

Os novos recursos dão continuidade ao programa de investimentos iniciados em 2000. Entre o início da década e 2004, a SKF já havia aplicado no país R$ 15 milhões para modernização de suas linhas de produção locais. “O atual investimento lança a base para consolidar o Brasil como uma das principais plataformas de produção no Grupo SKF”, informa Santos.

O aporte de recursos para expansão da unidade brasileira da SKF atende a expansão dos negócios da empresa no país. Em 2003, a SKF faturava US$ 100 milhões no país. Em 2004, o faturamento saltou para US$ 120 milhões. Este ano, a companhia espera registrar novo salto no faturamento.

Além do crescimento contínuo, a unidade brasileira da SKF é referência global de melhores práticas em processos de manufatura industrial, índices de produtividade, matéria-prima, produção de rolamentos para veículos leves, programa de multifuncionalidade e operação contínua maior.

<b>Sobre a SKF</b>

O grupo sueco SKF é líder mundial no desenvolvimento e fornecimento de rolamentos. Dono de um faturamento de US$ 6,1 bilhões em 2004, o Grupo está presente em 160 países, com 83 plantas industriais espalhadas pelo mundo e 7 mil distribuidores autorizados. Além de rolamentos para as mais diversas aplicações (a SKF produz atualmente 60 mil tipos de rolamentos), o Grupo oferece sofisticados equipamentos de monitoramento de condição de máquinas e ferramentas de manutenção, garantindo a otimização dos ativos de seus clientes. A SKF também aplica seus conhecimentos ao fornecer soluções para uma manutenção pró-ativa para eliminar falhas em equipamentos. Todos esses recursos e expertise servem para agregar valor às operações industriais dos clientes.

Além do setor industrial, o Grupo também é líder em produtos e soluções para o setor automotivo, que engloba além de rolamentos, bombas d’água, kits de polias e tensionadores de correia, atuadores hidráulicos, cruzetas, rolamento com sensor ABS, entre outros.

A companhia chegou ao Brasil em 1915, 8 anos depois de sua fundação na Europa. No país, a empresa é líder de mercado nos setores em que atua. A produção da unidade brasileira está concentrada na planta industrial de Cajamar, instalada às margens da rodovia Anhanguera, a 30 km da cidade de São Paulo.

No Brasil, a SKF emprega 650 funcionários. O faturamento da unidade local em 2004 foi 10% superior ao registrado em 2003. No segmento industrial, a SKF tem clientes como Votorantim, Açominas, Melhoramentos, Klabin, Petrobras e Bunge. Já no automotivo, a companhia atende grandes montadoras como Fiat, Ford, GM, Volkswagen, DaimlerChrysler, Volvo e Scania.

Autor(es): Conteúdo Comunicação Empresarial

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas