Os transformadores, com potências de 75 a 10.000/12.500 Kva estão sendo instalados em subestações rebaixadoras. Este é o primeiro fornecimento para a Alunorte (Alumina no Norte do Brasil S.A.) e efetiva a presença dos transformadores WEG no segmento de siderurgia e mineração.

A expansão da Alunorte começou em julho de 2000 e pretende torná-la a maior refinaria de alumina do mundo a partir de 2006. Alumina é a principal matéria-prima usada na produção industrial do alumínio.

Subsidiária da Companhia Vale do Rio Doce, a Alunorte pretende concluir o projeto orçado em US$ 582,7 milhões, que visa elevar a capacidade de produção anual de 2,4 milhões para 4,2 milhões de toneladas de alumina, no fim do primeiro semestre de 2006.

Localizada no norte do país, a empresa está instalada no distrito industrial de Barcarena, a 120 km de Belém/PA. Hoje, a Alunorte é uma das cinco maiores refinarias de alumina do mundo e integra o ciclo de produção de alumínio no Pará. A matéria-prima da alumina é a bauxita, minério retirado pela MRN (Mineração Rio do Norte), também controlada pela Vale, em Porto Trombetas, município situado no oeste do Pará.

Autor(es): Divulgação WEG

facebook      twitter      google+

Máquinas & Equipamentos
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Máquinas & Equipamentos