Após receber a aprovação do Conselho de Administração, no dia 20 de outubro, em Londres, a Samarco dará início imediato às obras de implantação do Projeto Terceira Pelotização. “São US$ 1,183 bilhão de investimentos que representam a confiança dos nossos acionistas, a BHP Billiton e a CVRD - Companhia Vale do Rio Doce, cada uma com 50% das ações, na capacidade da Samarco em atender a crescente demanda do mercado siderúrgico internacional”, informa o diretor-presidente da empresa, José Tadeu de Moraes.

Com a conclusão do Projeto Terceira Pelotização, em fevereiro de 2008, a Samarco consolidará posição como segunda maior fornecedora transoceânica de minério de ferro. O Projeto inclui uma nova Usina de Concentração em Germano (MG), um novo mineroduto, com cerca de 400 quilômetros de extensão, utilizando a faixa de servidão existente, e uma terceira Usina de Pelotização em Ubu (ES), onde está também localizado o Terminal Marítimo de Ponta Ubu.

Os investimentos contemplam ainda a ampliação dos equipamentos e instalações de infra-estrutura das áreas de mineração, estocagem e embarque de produtos. Com a expansão, a capacidade de produção da Samarco será elevada em 54%, passando das atuais 14 para 21,6 milhões de toneladas anuais.

A Samarco tem seus principais clientes na Ásia, Europa, Oriente Médio, África e Américas. Atualmente, a empresa é responsável por 17% do mercado transoceânico de pelotas, projetando esta participação para cerca de 20% com a expansão.

Autor(es): ABM - Associação Brasileira de Metalurgia e Materiais

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas