Controlada pela alemã Enercon, a Wobben Windpower, fabricante de componentes e de aerogeradores completos para usinas eólicas, estima faturar cerca de R$ 200 milhões em 2005. Esse montante representa crescimento de 122% sobre os R$ 90 milhões obtidos no ano anterior. As exportações de componentes para a Alemanha, que ano passado representaram 90% da receita, passam a responder por apenas um terço da receita. A empresa tem em carteira 300 MW contratados, para entrega no mercado nacional até dezembro de 2006.

A Wobben - que tem unidades em Sorocaba (SP) e Gravataí (RS) - desde 2002 também produz pás para aerogeradores no complexo industrial e comercial do porto de Pecém, a 50 km de fortaleza (CE). Lá, a empresa está iniciando uma nova fase com investimentos de US$ 5 milhões que permitirão a produção de componentes para cinco aerogeradores por semana, até o final do ano. Desde sua instalação no País, a Wobben (que também opera várias plantas eólicas em vários Estados) já investiu US$ 80 milhões.

Autor(es): Gazeta Mercantil

facebook      twitter      google+

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia