A Seco Tools vai superar as metas de crescimento estabelecidas para 2005. A empresa já atingiu os índices de incremento colocados como objetivo no planejamento do exercício. "Estamos registrando um bom desempenho este ano e vamos atingir nossa meta que, a princípio, nos parecia arrojada", diz Fernando Pereira, gerente geral de Vendas e Marketing.

Como avalia que o mercado de ferramentas como um todo crescerá cerca de 50% menos que o obtido pela empresa, Pereira considera que a Seco Tools ampliou seu market share ao longo do ano. Para o gerente, esse é o resultado de uma estratégia que, entre outros objetivos, visava aperfeiçoar tecnicamente a equipe de vendas e aumentar a oferta de cursos e treinamentos para os clientes.

"Nossa equipe de vendas passou por vários treinamentos, que visaram tanto o aperfeiçoamento do profissional de vendas, quanto o lado técnico, com reciclagens e treinamento específicos em linhas de produtos", informa. Já para os clientes, a empresa passou a oferecer treinamentos por áreas, como, por exemplo, matrizaria, furação e usinagem em duro.

Esses treinamentos deram suporte às novidades da Seco Tools lançadas ao longo do ano e, em parte, justificam os bons resultados alcançados. É o caso de moldes e matrizes, com as fresas Ball Nose (esféricas), High Feed (alto avanço) e High Speed (alta velocidade). "Lançamos uma linha completa também para faceamento e fresamento de perfis complexos", acrescenta. Na linha de furação, os destaques foram as brocas mais longas, capazes de furar 5xD dentro das linhas Performax e Max Feed. Para materiais endurecidos, se sobressaiu a linha Secomax, composta por pastilhas de PCBN com cobertura.

Para 2006, a Seco Tools trabalha com a expectativa de continuar com crescimento semelhante ao obtido este ano. Para tanto, devem contribuir as novas classes e geometrias que serão lançadas em breve e os investimentos que estão sendo realizados na fábrica de ferramentas especiais de Sorocaba (SP). "Nossa fábrica está passando por um intenso processo de modernização. Fizemos alguns investimentos este ano, que serão concluídos no próximo ano, e que nos permitirão oferecer aos nossos clientes um serviço mais ágil e rápido, além de otimizar a qualidade", conclui Pereira.

Autor(es): Usinagem Brasil

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas