WEG produz motor 100 milhõesNo ano em que comemora 45 anos, WEG atinge mais uma marca: acaba de produzir o motor de número 100 milhões. O modelo tem carcaça 225 M/L, pesa aproximadamente 400 kg e é da linha WELL.

O motor Alto Rendimento da linha WEG Extra Long Life – WELL – ficou pronto exatamente às 8h47 da manhã desta segunda-feira, dia 16 de janeiro. Este é o motor de número 100 milhões produzido pela empresa, e ficará exposto no Museu WEG.

A produção do motor já era aguardada, tanto que um contador foi colocado no site WEG com a contagem progressiva. Agora, o contador se transforma num jogo, uma brincadeira para ver ser se você, sozinho, consegue alcançar a marca da empresa.

Os avanços tecnológicos do mundo de hoje nos trazem agilidade e conseguimos fazer muito mais em muito menos tempo. Para se ter uma idéia, em seu primeiro ano de vida, a WEG produziu 146 motores. No ano seguinte, foram quase 5 mil e na primeira década o número já era superior a 200 mil. Em 2005, mais de 8 milhões de motores foram produzidos em todas as unidades da WEG, que está presente em mais de 100 países através das fábricas da Argentina, do México, Portugal e da China, além da sede no Brasil e 18 filiais comerciais no mundo.

A linha WELL

Lançada em 2005 e especialmente desenvolvida para maximizar a confiabilidade e a produtividade dos equipamentos, a linha WELL apresenta baixos níveis de ruído e vibração, alta precisão mecânica, maior tempo de vida útil, redução no consumo de energia, melhor desempenho e baixa manutenção.

Possui as mais recentes tecnologias desenvolvidas pela WEG para a fabricação de motores elétricos, como o sistema inédito de vedação W 3 Seal, altamente eficaz contra a entrada e acúmulo de elementos líquidos e impurezas sólidas no interior do motor e o sistema de isolação WISE (WEG Insulation System Evolution) que utiliza fio esmaltado WEG GIII 200ºC, o que permite sua aplicação com inversores de freqüência.

O projeto eletro/mecânico especial da linha garante conformidade com a exigente Norma Norte Americana IEEE 841, referência na Indústria Petroquímica. Os pés dos motores apresentam planicidade máxima de 0,127mm, sobrelevação de temperatura reduzida para mancais e bobinado e intervalos de lubrificação entendidos.

Autor(es): Divulgação WEG

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas