A delegação da montadora indiana Tata Motors chegará ainda neste mês a Belo Horizonte para negociar com o governo mineiro a instalação de uma unidade da empresa em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), próximo ao cinturão de fornecedores da Fiat Automóveis, da qual já é parceira naquele país. De acordo com o cônsul da Índia em Minas Gerais, Elson de Barros Gomes Júnior, o investimento, de pelo menos US$ 1 bilhão, vai explorar a demanda por carros populares em toda a América Latina a partir do Estado.

O secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Wilson Nélio Brumer, confirmou que as negociações já foram iniciadas a partir do cônsul indiano. "Vamos recebê-los mais uma vez. A visita é muito bem-vinda", afirmou.

O chefe de gabinete da prefeitura de Betim, Luciano Paiva, que também já teve um primeiro encontro com Gomes Júnior, revelou que o prefeito Carlaile Pedrosa colocou como prioridade da administração a viabilização do empreendimento. "Não vamos medir esforços", frisou Paiva. Segundo ele, os dirigentes municipais receberão a delegação indiana para estabelecer quais são as necessidades da Tata. "Queremos equacionar tudo o que for de competência do município, mas sempre em parceria com o governo de Minas", disse.

Autor(es): Diário do Comércio

facebook      twitter      google+

Comércio Internacional
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Comércio Internacional