A Usina Açucareira de Jaboticabal S/A (Usina São Carlos), através do distribuidor Aquarius Software, acaba de fechar um contrato com a GE Fanuc, empresa do grupo General Electric que trabalha com soluções para automação. A produtora de açúcar, álcool e levedura, que já utilizava o software de supervisão iFix, agora contará com o iHistorian e o módulo de eficiência do Proficy. As novas soluções disponibilizarão dados a níveis gerenciais, possibilitando a análise dos processos e seus impactos nos negócios.

O iHistorian é um historiador de dados para toda a planta que coleta, arquiva e distribui um grande volume de dados em tempo real sobre o processo do chão de fábrica em alta velocidade. O produto suporta até 100 mil pontos de dados por servidor, e mesmo atuando com muitos dados na sua coleta e distribuição, a velocidade e performance não são comprometidas. É escalonável e econômico e permite uma visibilidade significativamente maior de suas operações, garantindo melhor análise e um aumento do desempenho do processo. Já com o módulo de eficiência Proficy, a empresa poderá quantificar as perdas na produção através da identificação das causas e tempo de parada, produção abaixo da capacidade nominal, calcular a eficiência da linha e assim atuar efetivamente na solução desses eventos.

De acordo com o gerente de Marketing da Aquarius Software, Luis Egreja, já fazia parte do planejamento da Usina São Carlos colocar um historiador e sistemas para gerenciar os processos e a eficiência. "Nós já éramos seus fornecedores de produtos da GE Fanuc e colaboramos na implementação de um projeto piloto que foi bem sucedido e aprovado", declara.

O coordenador de TI da Usina São Carlos, Luciano Lance, afirma que, em relação às informações oferecidas para os operadores que atuam na produção, o iFix demonstrou ser a melhor solução encontrada. Porém, faltava tratar a informação e analisar as tendências. "Precisamos, por exemplo, avaliar os impactos de uma parada na moenda em relação à toda produção da Usina. Se a moenda, que é a primeira etapa do processo industrial, tiver uma parada, todos os processos restantes, conseqüentemente, serão afetados também. Portanto, é extremamente importante saber qual a eficiência e obter até mesmo o registro de pequenas paradas (menores que 1 minuto, por exemplo) e moagem abaixo doideal".

Os fatores fundamentais para a escolha das soluções da GE Fanuc foram os resultados obtidos no projeto piloto. "A somatória total dos eventos foi surpreendente. Verificamos que, em certos casos, devido diversas razões, a equipe diminuía a moagem sem registrar o tempo perdido esse procedimento. Com os softwares temos, além de acesso a esses dados, um cálculo do que isso ocasiona na produção total", explica Lance. “Está claro para a empresa que a automatização dos processos garante maior eficiência e rapidez na execução do trabalho", conclui.

Autor(es): Assessoria de Imprensa da GE Fanuc

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas