Os trabalhos nas plataformas de petróleo são arriscados, por isso, cuidados e profissionalismo são imprescindíveis. Dentre as exigências, mesmo para quem trabalha temporariamente na Inspeção e Manutenção, destaca-se o curso de Alpinismo Industrial, que envolve treinamentos em sistemas de acesso por cordas.

“Como as estruturas das plataformas são imensas, precisamos escalá-las e descer de corda para a inspeção, no meu caso. Também temos os pintores-alpinistas que executam o trabalho”, conta Rogério da Silva Granja, um dos assistentes técnicos da WEG presentes no curso realizado pela Alpitec em Petrópolis/RJ.

A WEG fornece as tintas e realiza trabalhos de inspeção de pintura em montagem e manutenção em algumas das plataformas da Petrobras que estão ancoradas em estaleiros no Rio de Janeiro, para reformas. Os treinamentos em sistemas de acesso por cordas proporcionam aos alunos o perfeito conhecimento e entendimento das técnicas de Alpinismo Industrial e resgate em locais de difícil acesso.

Divididos em três níveis, envolvem aulas de ascensões, descensões, transferência curta de cordas, transferência longa de cordas, deslocamentos em escadas, deslocamentos em linhas de vida, aid climbing, desvios, Re-Belays, e todos os tipos de resgate possíveis, além de avaliação de risco.

As aulas são ministradas de acordo com a legislação básica NR 18 e normas Petrobras; os profissionais são certificados pela Irata Guidelines International (Industrial Rope Access Trade Association), iniciativa de empresas envolvidas com as técnicas para proporcionar um ambiente de trabalho seguro para as indústrias. A Alpitec é a entidade que representa a Irata no Brasil.

No primeiro nível, o técnico de acesso é capaz de executar uma escala limitada de tarefas; já para ser certificado no segundo nível, são exigidas no mínimo 1000 horas de experiência em serviços suspensos. A certificação de nível 3, além de exigir um mínimo de 2000 horas de experiência, aprimora técnicas de acesso e resgate avançado e ainda habilita o profissional a atuar como supervisor de equipe.

Autor(es): Divulgação WEG

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás