Na mesma data em que comemorava sete anos de operações da filial brasileira, 15 de março, a Kennametal inaugurou a sua primeira unidade fabril no País, em Indaiatuba (SP), com a presença de clientes de vários Estados, fornecedores e representantes da matriz, incluindo o CEO Carlos Cardoso. Na fábrica de 7 mil m², onde serão produzidas ferramentas especiais, foram investidos R$ 10 milhões.

"Trata-se da primeira fase de um plano previsto para três", informou Marcelo Pancotti Pruaño, diretor-geral da Kennametal do Brasil. No momento, apenas 1/3 da área fabril está ocupado e o ritmo de implementação das outras fases dependerá exclusivamente da demanda. Além de produzir especiais, a fábrica prestará serviços de recondicionamento de ferramentas rotativas.

Segundo Pruaño, o investimento é uma resposta ao contínuo crescimento da empresa no Brasil. "Quadruplicamos nosso faturamento em três anos", afirma, frisando que a fábrica irá possibilitar a manutenção do crescimento nos atuais níveis.

80% dos recursos foram empregados na aquisição de máquinas e equipamentos. São dois centros de usinagem de cinco eixos, uma máquina para a produção de ferramentas rotativas e um completo laboratório de controle de qualidade. Parte dos equipamentos - centros de usinagem, torno convencional, fresadoras e retíficas - pertenciam ao parque de um fornecedor de ferramentas especiais, que foi adquirido pela Kennametal. Foram contratados 70 novos funcionários.

A planta abriga ainda o Centro de Conhecimento Kennametal que oferecerá treinamento para colaboradores e clientes. Segundo a empresa, o objetivo é o de promover a capacitação técnica por meio de processos não-comerciais no ensino dos processos de usinagem.

Autor(es): Usinagem Brasil

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas