Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

Gerdau compra usina nos EUA

Mais notícias relacionadas a economia:

Definição de otimização restrita
Na microeconomia de uma empresa, conceito de otimização é usado para maximizar a produção e ...


O que é capital de risco verde
Junto com a ênfase na natureza ecológica da operação comercial, empresas que buscam capital de ...


Definição de valor contábil
Dois dos principais fatores que entram no cálculo do valor escrito, ou contábil, são depreciação ...


Empresa vai investir US$ 170 milhões e passará a deter 15 usinas semi-integradas na região. O grupo Gerdau, por meio de sua subsidiária na América do Norte, a Gerdau Ameristeel, anunciou a compra da totalidade das ações da siderúrgica americana Sheffield Steel Corporation. A brasileira vai desembolsar US$ 170 milhões, dos quais US$ 94 milhões referentes a dívida líquida e a alguns passivos de longo prazo da Sheffield, e US$ 76 milhões aos acionistas da empresa. A operação deverá ser concluída em um prazo de 45 a 60 dias.

Localizada em Sand Springs, Oklahoma, nos Estados Unidos, a Sheffield é uma mini-mill (semi-integrada) produtora de aços longos, principalmente vergalhões e barras. A siderúrgica, que opera uma aciaria e uma laminadora em Sand Springs, Oklahoma, e uma laminadora menor em Joliet, Illinois, além de três unidades de transformação em Kansas City e Sand Springs, tem uma capacidade de produção de 600 mil toneladas de aço bruto e 550 mil toneladas de laminados.

"O negócio é mais um passo no processo da consolidação de aços longos nas Américas", disse o vice-presidente sênior da Gerdau, Frederico Gerdau Johannpeter, que ressaltou que a Gerdau Ameristeel possui recursos financeiros suficientes para quitar os US$ 76 milhões, sem precisar recorrer a financiamentos bancários.

Com a aquisição, que aumenta em 7% a capacidade de produção do grupo na América do Norte, a Gerdau passa a deter 15 usinas mini-mill na região, além da Gallatin Steel, no Kentucky, uma sociedade com a canadense Dofasco em aços planos.

Johannpeter acredita que nos próximos anos a Gerdau estará posicionado entre as 10 maiores siderúrgicas do mundo em capacidade de produção de aço bruto. Atualmente, ocupa a 13 colocação, segundo o International Iron and Steel Institute (IISI).

Maior fabricante de aços longos do continente americano, a Gerdau já é a segunda maior fabricante de aços longos dentro da América do Norte, com participação de mercado de cerca de 25%, informou Johannpeter.

Somada às exportações a partir do Brasil, a receita das usinas no exterior representaram 61% do faturamento do grupo em 2005, que somou R$ 25,5 bilhões. "Como se diz no sul do País, estamos com as porteiras abertas para aquisições. A siderurgia mundial está se consolidando e queremos ser um dos ‘players’ dessa consolidação. Mas somos consolidadores de compra e não de venda", disse Johannpeter, que destacou a localização (sudoeste dos EUA) da usina e disse que ela complementa toda a linha de produtos do grupo.

O executivo também destacou os preços atraentes dos vergalhões na América do Norte. "O mercado da construção civil como um todo (vergalhões, barras e perfis) está muito bom", disse. Após a compra da participação na espanhola Sidenor, a produção do grupo no exterior já superou a produção nacional. A Gerdau tem capacidade para produzir 10,6 milhões de toneladas anuais no exterior, dos quais 8,3 milhões de na América do Norte. No Brasil, a capacidade alcança 8,5 milhões de toneladas.

Johannpeter, que informou que a empresa continua analisando a compra de ativos, inclusive na América Latina, comentou a dificuldade de ingressar como produtor no mercado asiático. "É uma cultura diferente da ocidental, tem que aprender a língua, ter sócios, e temos exemplos recentes de que o retorno tem sido baixo".

Gazeta Mercantil

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a economia:

Governo incentiva indústria farmacêutica

Foi lançado na última quinta-feira (11/4) um pacote de medidas com o objetivo de impulsionar a indústria brasileira no setor de saúde. A iniciativa do Governo ...
O que é liquidação na economia

Liquidação é o processo de tomada de ativos reais de um negócio para transformá-los em dinheiro, seja para pagar dívidas ou para obter um lucro pessoal. A ...
Definição de Integração Econômica

A integração econômica é um processo em que as barreiras ao comércio são reduzidas ou eliminadas para facilitar o comércio entre as regiões ou na ...
O que é colapso econômico

Um colapso econômico é uma situação em que a economia local, regional ou nacional passa por uma crise dramática, que afeta negativamente a capacidade das pessoas que vivem ...
O que é Mercantilismo

Mercantilismo é uma das maiores teorias econômicas que diz que a riqueza de uma nação pode ser medida pelo seu pronto fornecimento de capital. O mercantilismo afirma que a ...
O que é democracia econômica

Democracia econômica é uma filosofia de socioeconomia. Socioeconomia é o estudo e a exploração da economia quando vista no contexto de valores sociais humanos, comportamentos e interações. Dentro deste ...
JPMorgan nomeia novo presidente global de mercado de capitais

JPMorgan Chase & Co. (JPM), o maior banco dos EUA em ativos, continuou insuflando a gestão em seu banco corporativo e de investimentos, nomeando Kevin Willsey como o novo presidente ...

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google