Associação de Ferro e Aço da China (CISA, na sigla em inglês) criticou a Companhia Vale do Rio Doce por ter anunciado uma alta de 24% no preço do minério de ferro, em meio a uma negociação internacional para negociar o valor da commodity, segundo informou ontem a agência "Xinhua". A CISA opinou que o ato unilateral da Vale "é inapropriado e viola as normas da negociação internacional sobre o preço do ferro", hoje em andamento, segundo a EFE. De acordo com essas normas, os fornecedores não podem anunciar a alta do preço até ser alcançado um acordo com pelo menos um cliente, o que até agora não ocorreu, segundo a CISA.

Autor(es): Gazeta Mercantil

facebook      twitter      google+

Comércio Internacional
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Comércio Internacional