A Autodesk lançou nova versão do software de desenho mecânico em 3D Autodesk Inventor. Segundo a Autodesk, com mais de 500 mil licenças vendidas, o Inventor é o software mais vendido no mundo pelo quinto ano consecutivo. O software está disponível como parte das soluções Autodesk Inventor Series ou Autodesk Inventor Professional e, segundo a empresa, é ideal para os usuários do AutoCAD que estão migrando de 2D para 3D.

"Nós entregamos uma linha completa de novas funções e deixamos o 3D ainda mais próximo do usuário de AutoCAD", disse o vice-presidente da Divisão de Soluções de Manufatura da Autodesk, Robert Kross. "Estamos satisfeitos em apresentar esta solução ao mercado".

Para a empresa, um dos pontos fortes da nova versão está na simplificação do fluxo do projeto à fabricação, obtido com a abordagem dada ao Gerenciamento do Ciclo de Vida do Produto (PLM - Product Lifecycle Management). "Esta abordagem está em linha com os atuais processos industriais", diz o material de divulgação da Autodesk, "permitindo ao cliente reduzir o tempo de projeto e minimizar erros, para obter um desenvolvimento mais eficiente de um novo produto".

A solução envolve vários aplicativos, como o Design Conceitual, que fornece ferramentas que permitem aos desenhistas industriais capturar, informar e realizar suas idéias; o Autodesk AliasStudio, que possibilita às equipes de Vendas personalizar os produtos solicitados, de acordo com as necessidades do cliente; o Autodesk Intent, para trabalhos conjuntos de engenheiros, de forma única, num mesmo ambiente de projeto com integração de 2D, 3D e de disciplinas mecânica e elétrica. Inclui ainda soluções para o gerenciamento dos processos em andamento, automatizar listas de materiais e fluxos de gestão de versões; compartilhamento de informações atualizadas e precisas com parceiros, fornecedores e clientes.

O software também habilita o usuário a criar projetos baseados nas exigências funcionais do produto antes de associá-lo a um complexo modelo geométrico. Esse conceito de projeto funcional permite aos projetistas começarem com uma representação simbólica do produto (similar ao trabalho em AutoCAD), e colocar as exigências a fim de testar, simular e validar o projeto em vez das dimensões geométricas de suas partes. Isto torna muito mais fácil o desenvolvimento de protótipos virtuais, possibilitando aos grupos de engenharia comunicarem o projeto pretendido, validarem o projeto e ingressarem mais rápido na produção.

Conta também com recursos de simulação dinâmica, gerenciamento e configurações de montagens, descrição avançada de formas e também fornece solução para criar esquemas de controles elétricos em 2D a partir de um modelo em 3D, via integração do Inventor com o AutoCAD Electrical, o mesmo correndo com as aplicações de gerenciamento de dados Autodesk Vault e Autodesk Productstream.

Autor(es): Usinagem Brasil

facebook      twitter      google+

Automação Industrial
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Automação Industrial