Cosan cancela plano de importar etanolA Cosan, maior grupo sucroalcooleiro do Brasil, abandonou o plano de importar navios carregados de etanol de milho vindos dos Estados Unidos. A medida foi estudada no início do ano como uma tentativa de conter a alta de preço do combustível no mercado interno.

Com a antecipação do início da colheita brasileira, de abril para o fim de fevereiro, o mercado voltou a ser abastecido com regularidade e os preços do etanol na bomba começaram a recuar. A Cosan nunca foi muito clara quanto à possibilidade de importação porque temia que a informação influenciasse na alta do preço do combustível.

Falava-se, na época, que a empresa já tinha conversado com exportadores americanos e traria o produto de navio até o litoral nordestino, onde a oferta era menor

Autor(es): Agência Estado

facebook      twitter      google+

Armazenagem & Logística
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Armazenagem & Logística