No passado, a logística era conhecida como sendo o transporte e armazenagem de produtos e estava associada às operações militares onde os comandantes precisavam ter sob suas ordens uma equipe que assegurasse a disponibilidade, na hora certa, de equipamentos, alimentos, munição e socorro médico nos campos de batalha. Na antiga Grécia os militares com o título de Logistikas eram os responsáveis por garantir os recursos e suprimentos para a guerra.

Mais recentemente, segundo definição do Council of Logistics Management, 1991, logística refere-se ao processo de planejamento, implantação e controle eficaz do fluxo e da armazenagem de mercadorias, serviços e informações relacionadas, desde o ponto de origem até o ponto de consumo, com o objetivo de atender às necessidades dos clientes. Ampliando o conceito e seus próprios objetivos, a logística é responsável em assegurar a disponibilidade do produto certo, na quantidade certa, em condições adequadas, no local certo, no momento certo, com o preço certo e para o cliente certo.

É necessário que o processo logístico comece pelo estudo, análise e compreensão do projeto ou do processo que precisa ser implantado e dos objetivos a serem atingidos, seguidos pelo planejamento e detalhamento das atividades tradicionais da logística como: Planejamento de demanda, inventário, suprimentos e de produção, Manuseio de pedidos, ordens de produção e documentos de identificação, Processos de Importação, exportação e de armazenagem, Planejamento da Distribuição, etc.

As atividades logísticas podem ser classificadas em:
• Atividades Principais: Transportes, Gerenciamento de estoques, Processamento de pedidos, Definição dos níveis de serviço baseados nas reações dos clientes.
• Atividades Secundárias: Armazenagem, Manuseio de materiais e embalagem de proteção, Obtenção do necessário, Programação de produção, Manutenção de sistemas de informação, etc., dando suporte às atividades principais.

Estima-se que, em uma empresa industrial os custos de produção giram em torno de 53% do total dos custos, enquanto que os custos logísticos estão na ordem de 20% ocupando o segundo lugar no ranking de todos os custos.
Portanto, gerir estes custos é crucial para a operação, isto é, os custos da existência do estoque, da armazenagem, do processamento das encomendas, os custos de transporte, etc. precisam ser continuamente reavaliados visando à competitividade e sobrevivência da empresa.
A logística Integrada é constituída por três grupos de atividades, representando segmentos do processo:

Logística de suprimentos: se refere às atividades de adquirir e receber os materiais necessários às operações.
• Logística interna: se refere às atividades de armazenar, manusear e transformar os materiais envolvidos na operação, exceto o ato de produzir.
Logística de distribuição: se refere às atividades que se iniciam na expedição até a entrega do produto ao cliente final.

Quando esses três grupos de atividades estão operando de forma cooperativa, sincronizada, somando resultados e combatendo todo e qualquer desperdício de acordo com o princípio Enxuto (Lean), considera-se que a Logística está integrada. O termo Enxuto como tradução de Lean surgiu para adjetivar o sistema de produção desenvolvido pela Toyota nos anos 70. É Enxuto porque requer menos esforços e custos para produzir mais, com menor custo e melhor qualidade, o que é possível através do combate a todo e qualquer desperdício. Tudo que não agrega valor é desperdício. Com a aplicação dos conceitos Lean aos serviços logísticos criou-se a Logística Enxuta.

Na mesma linha de pensamento, se todos os departamentos da empresa conhecem as atividades logísticas envolvidas e necessárias para o sucesso da operação e estiverem trabalhando de forma cooperativa na aplicação dos conceitos Lean, podemos conceituar que está ocorrendo a integração da empresa na Logística.

A busca da competência logística requer mudança na atitude das pessoas envolvidas. Porém, com o desenvolvimento tecnológico atual não é mais possível imaginar realizar esse trabalho sem o apoio de um sistema de gestão empresarial seguro, eficaz e completo como o Omega desenvolvido pela ABC71, possibilitando tomadas de decisões de forma eficaz.

Benefícios da Integração na logística, segundo Waters:

* Cooperação genuína entre todas as partes da cadeia logística, compartilhando informações e recursos, combatendo todo e qualquer desperdício.
* Custos diminuídos, devido a previsões mais exatas, estoques menores, menos expedição, economia de escala e eliminação das atividades que não criam valor;
* Melhoria no desempenho, maior produtividade e prioridades racionais;
* Melhoria no fluxo de produtos, com movimentos mais rápidos e confiáveis.
* Maior flexibilidade e rapidez de reação às condições de mudança;
* Procedimentos padronizados, tornando-se rotina e bem praticados, com menor duplicidade de esforço e planejamento;
* Qualidade de confiança e menos inspeções, com programas de Gestão de Qualidade integrados.

Cabe ao gestor conhecer e extrair o pleno potencial do ERP utilizado, visando perpetuar de forma lucrativa a instituição no mercado. Podemos afirmar que o uso adequado das funcionalidades da solução de gestão, ferramentas valiosas para gerenciar o que, quando e quanto comprar ou produzir considerando a capacidade atual e planejando a capacidade futura ainda é a melhor estratégia para atingir o objetivo citado acima.
Além disso, é imprescindível o suporte Administrativo e Financeiro fornecido pelo sistema de gestão como forma de controlar e conferir os resultados em processo.

Por Aldo Albieri

Engenheiro eletrônico formado pele FEI e especialista em logística. Com mais de 20 anos de experiência na área industrial, atualmente é consultor de negócios da ABC71 Soluções em Informática.


Bibliografia:
- José de Carvalho, Edições Silabo, Logística (2002), Estratégias Logísticas (2004).
- Donald Walters, Palgrave Macmillan Logistics (2003).
- Shapiro, Pacific Grove, Modeling the Supply Chain (2000).
- Ayers, St. Lucie Press, Introduction to the Supply Chain (2001).

Autor(es): Aldo Albieri - ABC71

facebook      twitter      google+

Armazenagem & Logística
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Armazenagem & Logística