As fabricantes japonesas de eletrônicos Sony e Toshiba anunciaram nesta quarta-feira, 31, a venda de suas operações de telas de cristal líquido (LCD). A fábrica de telas de pequeno e médio porte da Sony, localizada em Yasu, no Japão, será vendida para a também japonesa Kyocera, enquanto as ações da subsidiária de LCD da Toshiba serão vendidas para a chinesa AU Optronics. Os detalhes financeiros de ambas as negociações não foram divulgados.

Em comunicado aos acionistas, a Sony disse que a decisão de vender a unidade foi tomada para que a produção de LCDs de pequeno e médio porte fique restrita apenas à nova unidade de Tottori, que deve ser inaugurada nesta semana. A companhia ressaltou que a venda foi uma forma de garantir a competitividade e o lucro operacional em um mercado extremamente concorrido e cuja demanda dos consumidores não para de crescer.

O objetivo da Toshiba com a venda das operações de LCD é se concentrar no desenvolvimento de telas para aparelhos portáteis, como celulares e smartphones. Segundo comunicado enviado aos acionistas, a venda foi a forma mais eficiente encontrada pelo conselho de administração para que os investimentos em pesquisa, desenvolvimento e inovação em LCD pudessem continuar e os lucros dessas operações não fossem sacrificados.

De acordo com os comunicados divulgados pelas empresas, a transação entre a Sony e a Kyocera está prevista para ser concluída em 1º de junho, enquanto que a da Toshiba com a AU Optronics deve terminar em julho.

Autor(es): TI Inside

facebook      twitter      google+

Comércio Internacional
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Comércio Internacional