O nível de emprego do setor eletroeletrônico recuperou em fevereiro e voltou ao patamar do período pré-crise, chegando a 165,2 mil trabalhadores, praticamente o mesmo número de empregados em outubro de 2008, que foi de 165,5 mil, segundo levantamento da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee).

O número de registros em carteira em fevereiro representou um crescimento de 3,37% em relação a dezembro de 2009, quando totalizou 159,82 mil. Já na comparação com janeiro passado, quando a indústria eletroeletrônica empregava 162,75 mil pessoas, a alta foi de 1,5%.

Relatório da Abinee aponta que nos dois primeiros meses do ano foram abertos 5.380 postos de trabalho. O presidente da associação, Humberto Barbato, salientou que este avanço confirma as expectativas de recuperação da atividade do setor, interrompida em decorrência da crise.

"Nos primeiros meses do ano, já atingimos a nossa previsão inicial de 165 mil trabalhadores. Se as condições de crescimento econômico do país se confirmarem, é possível afirmar que encerraremos o ano empregando mais de 170 mil trabalhadores", disse Barbato.

Autor(es): TI Inside

facebook      twitter      google+

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia