A indústria de São Paulo confirma seu ritmo aquecido no mês de março com a abertura de 45 mil novas vagas de trabalho em relação a fevereiro, correspondentes a 1,37% com ajuste sazonal. Sem o ajuste, o crescimento foi de 2,05%.

Frente ao mesmo período do ano passado, o nível ocupacional apresentou aumento de 1,64%, com 36 mil novos postos.

Todos os 22 setores analisados tiveram saldo positivo, sendo que os destaques ficam com Fabricação de Coque, Petróleo e Biocombustíveis, com crescimento de 20,7%; Produtos Alimentícios ficou em segundo lugar com 9,4%, seguido por Couro e Calçados, que apresentou 2,6% positivos.

Quanto ao comportamento das Diretorias Regionais, Araçatuba liderou as contratações, com avanço de 9,9%. Em seguida vêm Jaú, com 9,56% e Sertãozinho, que cresceu 8,519%.

Entre as regiões com desempenho negativo, mais uma vez Matão apresentou o pior resultado do Estado, com 3,38% negativos. A segunda região com maior queda de empregos foi a de Santos, com -1,49%.

Autor(es): Agência Indusnet Fiesp

facebook      twitter      google+

Carreira Industrial
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Carreira Industrial