A indústria de serviços terceirizados de produção de equipamentos eletrônicos teve retração de 11% no ano passado. Segundo estudo da IDC, a queda foi menor do que a esperada por analistas, principalmente por causa de uma retomada no consumo de eletrônicos de consumo registrada no fim de 2009. Entre este ano e 2014, a consultoria espera que a indústria tenha taxa de crescimento anual composto (CAGR, na sigla em inglês) de 8%.

No entanto, a consultoria acredita que a recuperação será lenta, marcada principalmente pelo baixo desempenho esperado para 2011. De acordo com o analista sênior da IDC, Michael Palma, por mais que a indústria de eletrônicos venha se recuperando, a força da retomada da economia mundial ainda é “questionável”.

Ele explicou que as altas taxas de desemprego ainda seguram a demanda por equipamentos e, consequentemente, as empresas mantêm suas políticas conservadoras de gastos para produção. Palma apontou ainda que alguns segmentos crescerão mais que outros dentro da indústria, seguindo a tendência do mercado de investir em cloud computing e consolidação de servidores.

Autor(es): TI Inside

facebook      twitter      google+

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia