O crescimento no emprego industrial foi de 0,3% em maio em relação a abril - descontada a sazonalidade. De acordo com a pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), esse é o quinto resultado positivo consecutivo.

Quando comparada ao mesmo período do ano passado, a alta do emprego chegou a 4,2%. Essa é a quarta taxa positiva seguida. Segundo o IBGE, esse resultado é igual a taxa mais elevada da série histórica registrada em outubro de 2004. No acumulado no ano, a alta foi de 1,9%.

O número de horas pagas cresceu 0,3% em comparação a abril, na série com ajuste sazonal. Em relação a maio de 2009, a taxa de 5,5% é a mais alta desde o início da série histórica, enquanto no índice acumulado no ano cresceu 3,3%.

A folha de pagamento real dos trabalhadores recuou 0,8% na passagem de abril para maio, já descontada a sazonalidade. Comparada com iguais períodos de 2009, houve avanço de 3,7% no índice mensal, quinta taxa positiva consecutiva, e de 3,8% no acumulado dos cinco primeiros meses do ano

Autor(es): G1

facebook      twitter      google+

Carreira Industrial
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Carreira Industrial