Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

Presidente-executivo da BP deve se demitir

Mais notícias relacionadas a petróleo & gás:

O que faz um corretor de petróleo
Assim como outros negociadores de títulos, um corretor de petróleo é pago por comissão


O que é um dessalinizador
Processo de dessanilização é geralmente a primeira etapa da cadeia do petróleo.


Total quer obter licença de exploração de gás e petróleo na Tanzânia
A Tanzânia planeja criar um fundo soberano que vai usar a crescente receita de óleo ...


O presidente-executivo da BP, Tony Hayward, deve anunciar formalmente nesta segunda-feira que entregará o cargo em breve, segundo informações obtidas pela BBC.

Hayward foi duramente criticado por sua condução da crise detonada pelo vazamento de óleo no Golfo do México, após a explosão da plataforma Deepwater Horizon em 20 de abril.

O executivo, que trabalha na BP há 28 anos, já estaria negociando os termos de sua demissão.

O editor de negócios da BBC, Robert Peston, afirmou que ele deve ser substituído pelo norte americano Bob Dudley, que atualmente comanda a operação de limpeza da mancha.

Comentaristas dizem que a notícia foi bem recebida nos Estados Unidos: pescadores locais no Golfo do México afirmaram torcer para que a saída marque um novo início para a BP.

O congressita americano Ed Markey, no entanto, disse que quem quer que assuma no lugar de Hayward enfrentará dificuldades para corrigir o legado deixado pelo britânico.

A empresa afirmou que "Hayward permanece nosso principal executivo e conta com o apoio da diretoria e da chefia".

Resultados

Segundo o editor da BBC, a BP se prepara para uma mudança na direção há algum tempo, mas esperava alcançar algum progresso na contenção do vazamento e até que fosse possível quantificar os prejuízos do desastre.

A empresa deve divulgar seus resultados para o segundo trimestre na terça-feira.

A expectativa é de seja anunciado um fundo de até US$ 30 bilhões (cerca de R$ 53 bilhões) para cobrir os custos da contenção do vazamento, pagamento de indenizações e multas, que devem resultar em prejuízos enormes no período.

A diretoria da BP deve se reunir nesta segunda-feira, antes do anúncio de Hayward.

O atual presidente-executivo da BP vem sendo criticado por congressistas americanos por não assumir a responsabildade pela explosão da plataforma no Golfo do México, que causou a morte de 11 pessoas.

Muitos políticos se decepcionaram com as respostas de Hayward durante uma sabatina no Comitê de Energia e Comércio do Congresso, no mês passado.

Na ocasião, Hayward foi acusado de não responder as perguntas "e chutar a lata (da responsabilidade) rua abaixo".

Desde o vazamento, o presidente-executivo da BP já havia sido criticado por dizer que "só queria sua vida de volta", e que o Golfo é um "grande oceano".

Ele também foi criticado por comparecer a um evento de velejadores em junho passado quando, segundo a Casa Branca, entre outros, deveria estar cuidando do vazamento.

Análise

Muitos afirmam que, do ponto de vista de relações públicas, o provável substituto de Hayward, Bob Dudley, tem a vantagem de ser americano e falar com sotaque americano.

Ele cresceu no Mississipi e, segundo a BP, "tem profunda apreciação e afinidade com a costa do Golfo".

Dudley trabalha na BP desde 1999, depois da fusão da empresa com a companhia americana Amoco, e entrou para a diretoria em abril de 2009.

Richard Pike, presidente executivo da Royal Society of Chemistry, da Grã-Bretanha, afirmou que a percepção é a chave por trás da mudança.

"Se os seus principais acionistas têm a impressão de que há um grande problema aqui, isso está acima do que o presidente-executivo ou a diretoria possam ter feito", diz ele.

"De várias maneiras, a mudança do presidente-executivo é tanto prática como simbólica; tudo depende de reputação." "A BP espera que os próximos dias marquem o início de um novo começo da empresa", acrescentou.

Redação Portal Terra

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a petróleo & gás:

Acúmulo de gás foi causa de explosão no México

As autoridades mexicanas disseram que um acúmulo de gás levou à explosão na semana passada, que matou 37 pessoas na sede da Petróleos Mexicanos. Esta é a explica ...
Irã será exportador de gasolina no próximo ano, diz Qasemi

O Irã planeja se tornar uma das maiores nações exportadoras de gasolina dentro de meses, apesar das sanções contra o país, disse o ministro do Petróleo ...
Lucros da Exxon sobe nos EUA

A Exxon Mobil Corp, a maior empresa do mundo de energia em valor de mercado, disse que o lucro do quarto trimestre teve a maior alta dos últimos cinco anos ...
Características de matéria volátil

Matéria volátil é qualquer substância que tenha uma tendência para vaporizar dadas as condições adequadas. A volatilidade da substância é medida pela sua pressão de ...
Como é feito o armazenamento de GNL

Quando o GNL (Gás Natural Liquefeito) é recebido na maioria dos terminais, é transferido para os tanques de armazenamento isolados, que são construídos especificamente para segurar o GNL. Estes ...
Noções básicas sobre Gás Natural Liquefeito (GNL)

O Gás Natural Liquefeito, ou de GNL, é o gás natural em sua forma líquida. Quando o produto gasoso natural é resfriado a menos 259 graus Fahrenheit (ou -161 ...
Extração de óleo

Os trabalhadores da indústria de petróleo e gás, incluindo engenheiros e geólogos que encontrar petróleo bruto e gás natural, supervisores da obra que supervisionam ...

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google