Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

Os novos produtos e a ecoeficiência

Mais notícias relacionadas a meio ambiente:

Lubrificantes Fênix minimiza impacto com oxidação térmica
A preocupação com o meio ambiente está no DNA da empresa desde sua fundação.


Empresas de biotecnologia representam Brasil na Bio 2013
Maior convenção do setor acontece em abril nos EUA


Para que servem as cortinas de lodo
Também conhecidas como barreiras de lodo, são usadas para evitar que sedimentos de construção poluam ...


Por Adilson Munin*

O mercado industrial brasileiro de uma forma geral está passando por uma ampla e saudável corrida ao desenvolvimento de novos produtos, por vários motivos: seja pela necessidade de adequação com relação à concorrência, como também pelas claras perspectivas de crescimento potencial devido a fatores como a Copa do Mundo de 2014, as Olimpíadas de 2016, obras do PAC, exploração da camada do Pré-sal e vários outros fatores aqui não mencionados, que juntos fazem com que haja uma preocupação natural em se oferecer produtos e serviços cada vez melhores, mais baratos e principalmente com um apelo ecológico e social agregado a este bem ou serviço.

Um fato interessante que nos tem chamado atenção é que, atualmente, para o desenvolvimento de um produto, um dos primeiros pontos a serem tratados está ligado ao meio ambiente, sendo que, em um passado recente, os trabalhos de pesquisa e desenvolvimento eram sustentados basicamente por três pilares: especificação, qualidade e preço. As demais etapas eram consequências naturais e o produto final era concebido a partir desta base.

Nos dias de hoje, um quarto pilar passa a ter uma importância fundamental na elaboração de um novo produto, que é o da sustentabilidade, o qual deve fazer parte da etapa inicial de pesquisa, pois é preciso saber antecipadamente quais os aspectos e impactos ambientais que este determinado produto irá gerar.

Num raciocínio lógico, o fator custo passa a ter um peso menor, pois, a partir de agora, quando pensamos em custo, devemos pensar no ciclo de vida integral deste produto e não somente no preço de venda. Para muitos empresários pode ser difícil enxergar esta questão de imediato, porém, é notório que o mundo de uma forma geral está convergindo para uma diferente tendência de aceitação do novo e a empresa que não estiver atenta a isso estará fadada ao fracasso ou, no mínimo, à estagnação.

Assim, quando pensamos em sistemas que visam garantir que um produto seja adequadamente produzido, com base na visão de sustentabilidade, em que, desde o desenvolvimento em laboratório já se tenha uma preocupação ecológica, passando pelas etapas do processo de produção, colocação no mercado consumidor até a preocupação com o ciclo final de vida do produto, estamos falando em ecoeficiência.

Segundo o conceito elaborado pelo World Business Council for Sustainable Development (WBCSD), em 1992, "ecoeficiência é alcançada mediante o fornecimento de bens e serviços a preços competitivos que satisfaçam as necessidades humanas e tragam qualidade de vida, ao mesmo tempo em que reduzam progressivamente o impacto ambiental e o consumo de recursos ao longo do ciclo de vida, a um nível, no mínimo, equivalente à capacidade de sustentação estimada da Terra".

Portanto, será considerada uma empresa ecoeficiente aquela que adotar políticas na qual o compromisso com a preservação ambiental seja, de fato, uma realidade e não somente uma política. Uma empresa realmente preocupada com o futuro certamente terá as maiores e melhores chances de penetração nos diversos setores de consumo, pois as companhias, de uma forma geral, serão cada vez mais observadas de acordo com a sua ecoeficiência, praticada em todos os seus níveis de atuação.

Aos empresários e empreendedores é fundamental conciliar a continuidade de investimentos, buscando produtividade, competitividade e lucratividade, mas, principalmente, considerando-se valores de preservação do patrimônio ecológico e ampliação da melhoria de qualidade de vida - e não mais para um determinado segmento da população, mas para a sociedade como um todo.

Vale lembrar que o mercado brasileiro aponta para um potencial nunca sonhado anteriormente. Por isso, este é o exato momento em que os diversos segmentos da indústria e do governo devem investir recursos de todas as formas a fim de que possamos alcançar um patamar de vanguarda no aspecto de preservação do meio ambiente.

* Adilson Munin é Técnico responsável pelo setor de Pesquisa e Desenvolvimento na Unidade de Asfaltos da Viapol, especializada em soluções para a impermeabilização e proteção das obras da construção civil.

Viapol Ltda.
São Paulo: (11) 2107.3400
Nordeste: (71) 3507-9900
[email protected]
www.viapol.com.br

Assessoria de Imprensa

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a meio ambiente:

ABNT lança norma sobre manufatura reversa de eletroeletrônicos

Nesta sexta-feira (19 de abril), a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) apresenta em São Paulo a norma ABNT NBR 16156:2013 - Resíduos de equipamentos eletroeletr ...
Desenvolvimento econômico sustentável

O termo desenvolvimento econômico sustentável refere-se ao saldo de crescimento econômico junto com as necessidades sociais e ambientais. Para que o crescimento econômico seja considerado sustent ...
Como funciona um sistema de esgotos

Um sistema de esgoto de águas residuais move o material isolado a partir de seu ponto de origem, de modo que possa ser eliminado ou tratado. Existem três principais ...
Prós e contras de sacolas reutilizáveis

Com tantos problemas ambientais que assolam o planeta, o ideal seria que todas as pessoas contribuíssem para evitar a poluição originada pelo acúmulo de lixo, especialmente por ...
Poluição causada por produtos plásticos

O plástico tornou-se um produto essencial para as pessoas ao redor do mundo. Desde a sua descoberta por Alexander Parkes em 1852, tem sido um dos produtos mais usados ...
O que é biorremediação

A biorremediação é um método, dentro do campo da biotecnologia, criado para impedir as crescentes ameaças provenientes de formas graves de poluição ambiental. Como o nome sugere ...
Ministro da Economia alemão ainda se opõe a licenças de emissão de carbono

Ministério da Economia da Alemanha continua em oposição a um plano da União Europeia para conter um excesso de oferta de licenças no maior mercado mundial ...

Meio Ambiente
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Meio Ambiente


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google