Com a prorrogação da portaria 1510 do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) - que regulamenta o uso dos Registros Eletrônicos de Ponto, a TransWireless Tecnologia se prepara para oferecer alta performance aliada a benefícios financeiros para as empresas.

Mais que contabilizar a entrada e saída de pessoas, o REP, como é conhecido, pode ser uma ferramenta eficiente e eficaz para a gestão de colaboradores, desde que seja possível interpretar o arquivo gerado pelo equipamento. Especialista em soluções RFID (Radio Frequency Identification), a brasileira TransWireless Tecnologia desenvolveu para isso uma aplicação, o PTM - People Time Management – capaz de preparar e entregar uma rigorosa coleta dos dados do REP para a folha de pagamento para qualquer empresa de qualquer tamanho e complexidade (Ex.: de lojas de varejo e padarias a bancos, hospitais, administrações públicas etc).

“Quisemos desenvolver para o mercado um facilitador da máquina, que irá gerar redução de custos e tempo para as empresas.”, diz João Carlos Bentivegna, diretor da TransWireless Tecnologia.

A empresa, além de comercializar o software, também distribui o relógio de ponto, que atende todas as exigências da nova legislação, o WOLREP. Produzido pela WOLPAC - empresa consolidada e líder de mercado em controle de acesso -, o WOLREP apresenta memória de armazenamento - para que os dados arquivados não sejam apagados - e porta USB externa - que permite que os fiscais do trabalho tenham acesso às informações contidas no equipamento.

A TransWireless Tecnologia

A TransWireless Tecnologia trabalha com sistemas avançados que são perfeitamente integrados à infra-estrutura de TI de qualquer porte de empresa. A empresa destaca-se no mercado pelo foco na consultoria e na orientação organizacional dos clientes, oferecendo a melhor estrutura de administração para que a solução de RFID seja implementada em todos os níveis, aumentando a produtividade e reduzindo custos de forma personalizada.

RFID

A identificação de rádio freqüência (RFID) é uma tecnologia automática. O objetivo é transportar dados em uma etiqueta (também conhecida como um transponder ou TAG), que tanto pode fornecer identificação de um item do processo de fabricação do transporte ou do estoque, como pode monitorar uma grande variedade de objetos, pessoas ou animais.

Um dos mais notáveis benefícios da tecnologia é a sua capacidade para ler tags em ambientes em alta velocidade, respondendo em menos de 100 milisegundos na maioria dos casos. Além disso, é totalmente automática e transparente, eliminando a necessidade de digitalizar um objeto manualmente ou ativar uma fita magnética, um leitor ou qualquer outro contato.

Autor(es): Assessoria de Imprensa

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas