A Evonik, uma das líderes mundiais em especialidades químicas e na produção de Peróxido de Hidrogênio - utilizado no branqueamento da celulose, entre outras aplicações - apresenta seu portfólio de produtos, novas tecnologias e palestra técnica no 43º Congresso e Exposição Internacional de Celulose e Papel, ABTCP-TAPPI 2010, que ocorre de 04 a 06 de outubro, no Transamérica Expo Center (SP).

O destaque no estande da empresa será o Hyprox, marca comercial do Peróxido de Hidrogênio oferecido pela Evonik e que se destaca por ser um agente branqueador da celulose muito versátil. Sob condições alcalinas ele é aplicado para branqueamento de polpas químicas, mecânicas e recicladas, trazendo benefícios como: redução do emprego de outros branqueadores químicos, melhoramento da alvura final, diminuição da cor do efluente e de reversão da alvura, além de redução do custo total do branqueamento e aumento da capacidade das plantas produtivas.

Os visitantes da ABTCP-TAPPI 2010 poderão conhecer ainda outras aplicações do Peróxido de Hidrogênio para o segmento de papel e celulose, como na área ambiental - tratamento de efluentes industriais e gasosos; água potável; esgoto e remediação e recuperação de áreas contaminadas.

"O uso de Hyprox na indústria de celulose tem encontrado outras oportunidades de aplicação, como, por exemplo, no abatimento de TRS (Total Reduction Sulfur - Mercaptanas e H2S), tratamento da lama da lagoa de aeração e substituição de metanol na produção de dióxido de cloro", complementa Gian Carlo Vizzotto, gerente comercial da área Active Oxygens, da Evonik.

Novas soluções

Como uma das líderes mundiais na produção de Peróxido de Hidrogênio, com fábricas em 10 países, produzindo atualmente cerca de 600.000 toneladas/ano, o desenvolvimento de novos produtos e aplicações e as pesquisas nesta área são constantes, o que torna a Evonik uma das principais fornecedoras do setor de papel e celulose no Brasil e no mundo.

Entre as novidades da empresa no campo das pesquisas, está a aplicação de Peróxido de Hidrogênio catalisado, que melhora a performance dos químicos, resultando num ganho de processo. "A busca dos produtores de celulose pela melhor performance dos químicos no branqueamento, nos levou ao desenvolvimento de agentes de branqueamento catalisado. O desafio foi desenvolver uma tecnologia de recuperação do metal (catalisador) combinando a aplicação de peróxido de hidrogênio catalisado com outros estágios de branqueamento, atingindo excelência no resultado", adianta César Leporini, Chefe de Aplicação Técnica da Evonik.

Palestras técnicas

A Evonik participará também do congresso que ocorre paralelamente à exposição, com a apresentação da palestra técnica "A novel Way of Combining chlorine dioxide and molybdate catalyzed hydrogen peroxide for improved delignification and bleaching of eucalyptus kraft pulp", que será apresentada por Thomas Dietz, responsável global pela área de Tecnologia de Aplicação para branqueamento de celulose da Evonik.

Tendo como público-alvo os profissionais das empresas produtoras de celulose branqueada, o objetivo deste trabalho técnico é avaliar diferentes variações da combinação de um estágio de dióxido de cloro quente (Dhot) com um estágio ácido de peróxido de hidrogênio catalisado com molibdênio (PMo), e comparar com outras tecnologias já existentes, no que diz respeito a eficiência na deslignificação e na diminuição do consumo de químicos (dióxido de cloro).

Com o objetivo de difundir esta nova tecnologia, o mesmo trabalho será apresentado pela Evonik no Congresso Iberoamericano de Investigação em Celulose e Papel, que ocorrerá de 12 a 15 de outubro, no Centro de Reuniões da Feira Industrial de Lisboa, Portugal.

A empresa marcará presença ainda no I Simpósio e Exposição Latino-Americano de Tissue, o primeiro evento de Tissue da ABTCP na América Latina, voltado à cadeia de papéis de fins sanitários com foco na tecnologia e qualidade do produto. No dia 4 de outubro, das 11h às 11h30, César Leporini, da Evonik apresentará Mill Case de Sucesso sobre a empresa Cia. Canoinhas de Papel (SC), "Como produzir um papel tissue de qualidade utilizando-se aparas de papel" ("Processo de Destintamento").

Serviço:

ABTCP-TAPPI 2010 - 43º Congresso e Exposição Internacional de Celulose e Papel

Data: 04 a 06 de outubro de 2010

Horário: 13h00 às 20h00 (feira) e 9h00 às 18h30 (Congresso).

Local: Transamérica Expo Center (SP)

Avenida Dr. Mário Villas Boas Rodrigues, 387 - Santo Amaro - São Paulo

Estande da Evonik: Entre as ruas C-M/D-M, nº 114/142

Informações sobre a empresa

Evonik Industries é o grupo industrial criativo da Alemanha que atua em três segmentos altamente rentáveis e promissores: Química, Energia e Negócios Imobiliários. Evonik é uma das líderes mundiais em especialidades químicas, especialista em geração de energia elétrica a partir do carvão mineral e fontes renováveis, além de ser uma das maiores empresas do ramo imobiliário residencial privado da Alemanha. Nossos pontos fortes incluem criatividade, especialização, autorrenovação contínua e confiabilidade.

Evonik Industries atua em mais de 100 países no mundo. No ano fiscal de 2009, 39.000 colaboradores geraram vendas de aproximadamente 13,1 bilhões de euros.

No Brasil, a história da Evonik Industries, antiga Degussa, começou em 1953. A empresa conta hoje com cerca de 500 colaboradores no país. Os produtos da marca são utilizados como matéria-prima em importantes setores industriais, como: automotivo, borracha, construção civil, farmacêutico, nutrição animal, papel e celulose e plásticos.

Evonik Degussa Brasil Ltda.

Informações: (11) 3146.4170

www.evonik.com.br

Informações para imprensa:

Taís Augusto - tais@viapublicacomunicacao.com.br

Inês Cardoso - ines@viapublicacomunicacao.com.br

Via Pública Comunicação - (11) 3562.5555

www.viapublicacomunicacao.com.br

Autor(es): Assessoria de Imprensa

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas