Imediatamente após o resultado das eleições em São Paulo, o candidato do Partido Socialista Brasileiro (PSB) ao governo do estado, Paulo Skaf, reassumiu as presidências da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP), do Instituto Roberto Simonsen (IRS), do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e do Serviço Social da Indústria (SESI) de São Paulo, bem como, a primeira vice-presidência da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Skaf estava licenciado dessas instituições desde o final de maio, quando assumiu um compromisso cívico de participação democrática, levando à sociedade de São Paulo novas propostas. Foram quatro meses, nos quais teve a oportunidade de estreitar o seu conhecimento do estado e, ainda, aproximar-se da população, ouvir seus reclamos, conhecer suas expectativas para o futuro. "Foi muito bom estar junto às pessoas, saber como pensam, o que esperam dos governantes", comentou.

Skaf participou de todos os debates promovidos pela mídia sempre com excelente avaliação, concedeu dezenas de entrevistas, visitou todas as Regiões do estado, fez várias palestras e, em especial, dialogou "ao vivo" com a sociedade pela Internet. Ao receber mais de um milhão de votos, volta às instituições que preside com a certeza de que — embora as limitações e adversidades naturais de uma campanha política majoritária —, mereceu o reconhecimento de mais de um milhão de eleitores em todo o estado.

Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP)
Assessoria de Jornalismo Institucional

Autor(es): Agência Indusnet Fiesp

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas