A Uniduto Logística S.A., empresa criada por um grupo que representa um terço da produção nacional de etanol, realiza nas próximas semanas uma séria de Audiências Públicas para apresentar o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e o Relatório de Impacto Ambiental (RIMA) do Projeto Uniduto.

As audiências, coordenadas pelo Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema), fazem parte do processo de licenciamento ambiental do Projeto Uniduto e visam apresentar à população as principais características do empreendimento.

Para demonstrar a viabilidade de seu projeto, a Uniduto desenvolveu um minucioso estudo que envolveu 22 empresas de consultoria, e mais de 100 especialistas das áreas de engenharia, geologia, biologia, economia, sociologia, geografia e comunicação social, dentre outras. É este trabalho que resultou no EIA e no Rima que serão apresentados durante as audiências.

O EIA refere-se ao estudo completo do Projeto Uniduto. Em nove volumes, apresenta as informações gerais do empreendimento, justificativas, abordagem metodológica, diagnósticos e análises ambientais, traçados, mapas e plantas, entre outros. Já o Rima traz, de forma simples e em linguagem direta, as principais informações e conclusões do EIA. Todo o material pode ser consultado no site www.uniduto.com.br.

Confira abaixo a agenda completa das Audiências Públicas:

1ª Audiência – Campinas

Quando: 21 de outubro, às 17h

Onde: Plenário José Maria Matosinho da Câmara Municipal, Avenida da Saudade, nº. 1.004, Ponte Preta, Campinas/SP.

2ª Audiência – Botucatu

Quando: 26 de outubro, às 17h

Onde: Auditório do Colégio La Salle, Praça Dom Luis Maria de Santana, nº 272 - Centro, Botucatu - SP.

3ª Audiência – Serrana

Quando: 28 de outubro, às 17h

Onde: Salão do Clube Recreativo de Serrana, Praça da Matriz, Centro, Serrana-SP.

4ª Audiência – Santa Bárbara d’Oeste

Quando: 11 de novembro, às 17h

Onde: Anfiteatro Municipal “Detinha Dagnoni”, Avenida Monte Castelo, nº. 1.000, Jardim Primavera (Paço Municipal), Santa Bárbara d’Oeste/SP.

5ª Audiência – São Paulo

Quando: 16 de novembro, às 17h

Onde: Auditório Brasil do “Auditórios na Paulista”, Avenida Paulista, nº. 1.176, piso Loja, Cerqueira César, São Paulo/SP.

6ª Audiência – Descalvado

Quando: 25 de novembro, às 17h

Onde: Cinema Teatro Estação, Avenida Dom Pedro II, s/nº., Centro, Descalvado/SP.

7ª Audiência – Praia Grande

Quando: 30 de novembro, às 17h

Onde: Câmara Municipal da Estância Balneária de Praia Grande, Praça Vereador Vital Muniz, nº. 01, Boqueirão, Praia Grande/SP.

Nova solução logística para etanol brasileiro

Com um projeto baseado em dutos e na integração multimodal, a Uniduto prevê iniciar suas atividades em 2013. Quando em operação, terá capacidade para transportar até 16 bilhões de litros de etanol por ano, oferecendo uma nova alternativa de escoamento e distribuição de etanol, economicamente mais viável e segura, com vantagens técnicas, ambientais e sociais.

O Projeto Uniduto terá um total de 612,4 km de extensão de dutovia que passará por 46 municípios do Estado de São Paulo. Serão implantados quatro terminais coletores nas regiões de Serrana, Botucatu, Anhembi e Santa Bárbara d’Oeste; dois terminais de distribuição para o mercado interno em Paulínia e na Região Metropolitana de São Paulo (Caieiras), além de um terminal de exportação na Praia Grande, onde também operará um porto próprio afastado da costa (off shore).

Atualmente o Projeto Uniduto encontra-se em fase de licenciamento ambiental. No dia 30 de julho a empresa protocolou na Secretaria de Meio Ambiente do Estado de São Paulo (SMA) o Estudo de Impacto Ambiental (EIA), o Relatório de Impacto Ambiental (RIMA) e o Estudo de Análise de Risco (EAR) do Projeto Uniduto e no dia 2 de agosto assinou com o Governo do Estado de São Paulo um protocolo de intenções para a realização do projeto. A previsão é que as obras sejam iniciadas em 2011.

Mais informações para a imprensa com:


Autor(es): Assessoria de Imprensa

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas