Crescimento de 16%. Este é o resultado da balança comercial do setor de tintas e vernizes projetado para 2010 com base nos primeiros nove meses do ano, comparados ao mesmo período de 2009. As importações totalizaram, até setembro, US$ 185.838 milhões e exportações, US$ 117.201 milhões - em ambos os casos o índice de crescimento, sobre 2009, é em torno de 16%. Os dados são do Sindicado da Indústria de Tintas e Vernizes do Estado de São Paulo (Sitivesp) e confirmam as expectativas da entidade para o ano.

O levantamento é realizado trimestralmente, com base no acompanhamento e análise das informações fornecidas pelo Sistema Alice, da Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Indústria, Comércio e Turismo, que indicam também a balança comercial do âmbito do Mercosul. Para os países que compõem o bloco, foram exportados em torno de 19,6 toneladas de produtos e as importações somaram 2,3 mil toneladas de tintas e vernizes.

Em relação aos volumes totais, foram importadas, nos nove primeiros meses de 2010, 32,9 mil toneladas, com expectativa de alcançar, no ano, 43,8 mil toneladas contra 35,5 mil toneladas de 2009, crescimento de mais de 23%. Até o mês de setembro, foram exportadas 39,8 mil toneladas, o que projeta para o ano 53,1 mil toneladas contra 48,8 mil toneladas, de 2009, com perspectiva de crescimento de aproximadamente 9%, com preço médio passando de US$ 2,76/kg para US$ 2,94/kg.

A análise mais detalhada das vendas demonstra que os segmentos que mais se destacaram no terceiro trimestre de 2010, nas importações, foram as tintas e vernizes à base de solvente, as tintas para impressão e as tintas artísticas e educativas. Em relação às vendas externas, demonstraram melhores resultados as tintas e vernizes à base de solvente, as tintas artísticas e educativas. Os dados completos da balança comercial do setor poderão ser obtidos no site do Sitivesp (www.sitivesp.org.br), no link Indicadores.

Otimismo comprovado

Os resultados reforçam a previsão do Sitivesp de que o ano de 2010 seria de significativa recuperação, tanto no mercado interno, quanto internacional. "Seguindo a tendência que se desenhava desde o segundo semestre do ano passado, o setor retomou o ritmo aquecido das atividades, acompanhando o desempenho positivo da economia como um todo", afirma Airton Sicolin, Assessor do Sitivesp. Os dados confirmam, ainda, que o crescimento do setor deverá ser superior à elevação do Produto Interno Bruto (PIB) nacional.

A pesquisa trimestral realizada pelo Departamento Econômico do Sitivesp junto às suas associadas, também demonstra otimismo por parte dos fabricantes de tintas do setor imobiliário, industrial, gráfico e serigráfico. As expectativas de vendas para o 4º trimestre de 2010 são positivas, sendo que a maior parte das indústrias estima crescimento médio de 10% sobre 2009.

SITIVESP

Telefone: (11) 3262-4566

www.sitivesp.org.br

Autor(es): Assessoria de Imprensa

facebook      twitter      google+

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia