O objetivo é concessão de crédito para pequenas e médias empresas que atuem na cadeia de fornecimento para o setor de petróleo e gás natural. Os juros são de 8% ao ano com prazos que vão até sete anos. Após a descoberta da Bacia de Santos, a maior reserva pré-sal do país, a Baixada Santista passou a ser o centro de negócios da cadeia produtiva de Petróleo e Gás no Estado.

A Agência de Fomento Paulista/Nossa Caixa Desenvolvimento cria uma linha de crédito especial para financiar o desenvolvimento de empresas que pertençam à cadeia de fornecimento ao setor de petróleo e gás natural do Estado de São Paulo. A iniciativa da criação da nova linha de financiamento atende a demanda do setor que deve crescer nos próximos anos. Segundo previsão federal, nos próximos 10 anos a produção de petróleo terá expansão de 161% e de gás natural 187%.

A nova linha de financiamento é uma ferramenta importante focada nas atividades das cadeias indiretamente relacionadas com o setor, que envolvem as pequenas e médias empresas como indústria e varejo de bens de consumo duráveis e não duráveis (móveis, eletro-eletrônicos, equipamentos de informática, etc); Indústria e varejo de insumos como ferramentas básicas, maquinários; Setor de infra-estrutura que refere-se à telecomunicações, energia, transportes, tecnologia da informação entre outros.

As linhas de financiamento vão atender empresas que tenham faturamento anual entre R$ 240mil e R$ 100 milhões, instaladas e com sede no Estado de São Paulo e que pertençam à cadeia de fornecimento do setor de petróleo e gás natural.

O valor do financiamento varia de no mínimo R$ 30 mil a R$ 30 milhões a taxa de juros 0,65% ao mês (+IPC/FIPE) com prazo de até 84 meses (sete anos) e carência de 24 meses, com pagamento trimestral dos juros e da atualização monetária.

Segundo dados do IBGE, em 2008 o número de empresas formais em todo o país era de 4,607 milhões e 10% disso – 460 mil empresas atuam na cadeia do setor de petróleo e gás natural. “Nosso objetivo é ampliar nossas linhas de financiamento para fomentar o desenvolvimento do Estado de São Paulo. Essa linha de crédito, ainda inédita no mercado, proporcionará crescimento dos setores de serviço, comércio e indústria, além da geração de empregos”, diz Milton Luiz de Melo Santos, diretor-presidente da Agência de Fomento Paulista/Nossa Caixa Desenvolvimento.

Em pouco mais de um ano a instituição já desembolsou mais de R$ 200 milhões, de um capital de R$ 1 bilhão, para atender diversos setores produtivos da economia paulista.

O modelo operacional da Agência de Fomento Paulista/ Nossa Caixa Desenvolvimento é semelhante ao de um banco de desenvolvimento. Como não dispõe de uma rede de agências, o atendimento é feito por meio de entidades empresariais parceiras como a Abimaq; Fiesp/Ciesp; Facesp; Sindipeças, Fecomércio, entre outras. Porém, por conta do crescimento de 20% da demanda pelas linhas de financiamento, foram inauguradas duas novas formas de atendimento às empresas interessadas nas linhas de crédito. A Plataforma de Atendimento a Negócios (PAN), com 10 profissionais especializados para atender pessoalmente os empresários e, a ferramenta Negócios On-line, onde é possível conseguir crédito através do site da Instituição, www.nossacaixadesenvolvimento.com.br. Outra vantagem encontrada no site é a possibilidade de fazer uma simulação da operação de crédito desejada.

Autor(es): Assessoria de Imprensa

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás