Com a chegada do fim do ano, o mercado de brindes se aquece para atender à demanda das empresas, que adotam a estratégia para fidelizar seus clientes. Incoterm dedicou todo o primeiro semestre do ano à produção de mais de 80 itens de sua unidade ambiente e saúde já prevendo um incremento de 10% no volume de negócios até final de dezembro.

O aquecimento do mercado no fim do ano é motivo de otimismo para empresas especializadas em brindes. De olho neste filão, fabricantes de outros segmentos adaptam seus produtos para atender à crescente demanda do mercado, oferecendo novas idéias e sugestões para fidelizar seus clientes, tornando a marca lembrada ao longo do novo ano. É o caso da indústria gaúcha Incoterm, líder na fabricação e comercialização de instrumentos de medição, que acaba de lançar um mix exclusivo com uma gama diferenciada de produtos, dentro de sua área de negócios.

São estações metereológicas com funções como medição de temperatura, calendário, data, alarme, estação digital porta canetas, termômetros de decoração de ambientes até termômetros clínicos, em versões personalizadas para empresas de diversos segmentos. Segundo Ana Paula Marquioretto, para se alinhar à demanda do mercado, a Incoterm dedicou todo o primeiro semestre do ano à produção de mais de 80 itens de sua unidade ambiente e saúde já prevendo um incremento de 10% no volume de negócios até final de dezembro.

Segundo projeções da Bríndice, instituição que há 21 anos fomenta o setor promocional no Brasil, o setor girou no último ano R$ 4,5 bilhões. A expectativa é de encerrar 2010 com um crescimento de 11% , chegando a R$ 5 bilhões até dezembro.

Autor(es): Assessoria de Imprensa

facebook      twitter      google+

Controle & Instrumentação
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Controle & Instrumentação