A produção de gás natural dos campos nacionais atingiu a média mensal de 54 milhões 820 mil metros cúbicos diários no mês de outubro, 7,8% a mais que o volume produzido no mesmo período de 2009, quando foi registrada produção de 50 milhões 861 mil metros cúbicos de gás. Em relação a setembro de 2010, quando foram extraídos 53 milhões 773 mil metros cúbicos, a produção de gás natural subiu 1,9%.

Em decorrência de paradas para manutenção de nove plataformas, a produção média diária de petróleo e gás natural da Petrobras no Brasil manteve os mesmos níveis do mês anterior, atingindo 2.283.689 barris de óleo equivalente por dia (boed), e ficou 1,6% abaixo dos 2.320.611 boed, produzidos em outubro de 2009.

Piloto de Tupi

O destaque do mês foi a entrada em produção do projeto piloto de Tupi, no pré-sal da Bacia de Santos, em 28 de outubro, com a instalação da plataforma Cidade de Angra dos Reis. Do tipo FPSO (navio plataforma que produz, estoca e escoa petróleo), a unidade tem capacidade para 100 mil barris diários e a estimativa é que sua produção cresça gradativamente nos próximos meses.

Rotina de manutenção de plataformas

Apesar da entrada em operação da nova plataforma, no mês de outubro ocorreram paradas programadas para manutenção de nove plataformas na Bacia de Campos — P-26 (Marlim), P-27 (Voador), P-33 (Marlim), P-35 (Marlim), P-25 (Albacora), P-31 (Albacora), PCE-1 (Enchova), P-07 (Bicudo), P-15 (Piraúna) — e dificuldades de escoamento da produção da Unidade Operacional do Amazonas, devido à seca na região, o que inibiu a produção do mês.

A produção total da Petrobras (Brasil e exterior) em outubro foi de 2.534.274 barris de óleo equivalente por dia (boe/d), mantendo-se nos mesmos níveis do volume produzido no mês anterior. Em função das paradas para manutenção de plataformas, o volume de outubro de 2010 ficou 1,5% abaixo da produção registrada no mesmo mês de 2009.

Produção do exterior aumentou 1,1%

A produção média de óleo, LGN e gás natural extraídos dos campos situados nos países onde a Petrobras atua chegou a 250.584 barris de óleo equivalente por dia em outubro, sendo 242.024 boed provenientes de empresas controladas pela Petrobras e 8.561 boed provenientes de empresas coligadas. A produção do exterior em outubro aumentou 1,1% quando comparada à produção de setembro de 2010, principalmente devido à entrada de novos poços no campo de Akpo e a maior eficiência operacional no campo de Agbami, ambos na Nigéria. Quando comparada com o mesmo mês do ano anterior, a produção foi 0,7%menor, em função principalmente do declínio natural dos campos de gás na Argentina.

A produção de gás natural no exterior foi de 16.109 milhões de metros cúbicos, registrando um aumento de 0,7 % em relação ao volume de setembro deste ano, devido ao retorno a operação de alguns equipamentos parados para manutenção, na Bacia Austral, na Argentina. Já em comparação com outubro de 2009, houve uma diminuição de 4,3%, devido ao declínio natural dos campos de gás na Argentina.

Clique aqui para ver o quadro com a produção por estado do Brasil e por região do exterior em outubro de 2010.

Autor(es): Assessoria de Imprensa

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás