Com a capacidade produtiva da unidade que opera junto com a Renault no Paraná perto do limite, a Nissan estuda ampliar sua linha de montagem ou até mesmo construir nova fábrica, que poderia ser em parceria com um grupo nacional. De acordo com informações do jornal O Estado de S. Paulo desta sexta-feira, o grupo mais cotado para a parceria com a montadora japonesa o EBX, do empresário Eike Batista.

Segundo o jornal, o presidente da Nissan do Brasil, o francês Christian Meunier, confirma que a montadora mantém negociações com a EBX, mas ainda não há decisão sobre o possível projeto. O empresário brasileiro teria até uma área reservada para uma fábrica de carros no Porto do Açu (RJ). Apenas para essa montadora, Eike prevê investimentos de US$ 1 bilhão. Os planos incluiriam ainda a montagem de um carro elétrico.

Autor(es): Redação Portal Terra

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas