Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

Petrobras recebe Licença de Instalação da Fábrica de Fertilizantes de Três Lagoas (MS)

UFN III terá capacidade para produzir 1,2 milhão de toneladas de ureia e 761 mil toneladas de amônia por ano.

Mais notícias relacionadas a petróleo & gás:

O que faz um corretor de petróleo
Assim como outros negociadores de títulos, um corretor de petróleo é pago por comissão


O que é um dessalinizador
Processo de dessanilização é geralmente a primeira etapa da cadeia do petróleo.


Total quer obter licença de exploração de gás e petróleo na Tanzânia
A Tanzânia planeja criar um fundo soberano que vai usar a crescente receita de óleo ...


A Petrobras recebeu, nesta terça-feira, 22/02, a Licença de Instalação (LI) da Unidade de Fertilizantes Nitrogenados III (UFN-III), que será construída na cidade de Três Lagoas (MS). A LI foi concedida pelo Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul) e ratifica a viabilidade ambiental do empreendimento, autorizando a instalação do mesmo.

A UFN III entrará em operação comercial no segundo semestre de 2014 com capacidade de produção de 1.210.000 toneladas de ureia e 761 mil toneladas de amônia por ano, sendo que, desta última, 680 mil toneladas serão utilizadas no processo produtivo da ureia e 81 mil toneladas serão comercializadas.

A fábrica da Petrobras em Três Lagoas será a maior unidade de fertilizantes nitrogenados da América Latina e dobrará a produção nacional de ureia. Com esta iniciativa, a Petrobras contribuirá para redução das importações desse insumo essencial à produção agrícola. Atualmente, o Brasil importa 67% da ureia que consome.

A Petrobras já possui duas fábricas de fertilizantes nitrogenados localizadas nos municípios de Laranjeiras (SE) e Camaçari (BA), que produziram, juntas, 223 mil toneladas de amônia e 758 mil toneladas de ureia em 2010, ano em que o País produziu 1.270.000 toneladas de ureia e importou 2.545.000 toneladas, uma vez que a demanda interna total por ureia foi de 3.815.000 toneladas.

Além da UFN III, em Três Lagoas, a Petrobras está desenvolvendo três outros projetos nesse segmento: o Complexo Gás-Químico (UFN IV), em Linhares (ES), com capacidade de produção comercializável de 665 mil toneladas/ano de ureia e 684 mil toneladas/ano de metanol, além de outros derivados; a UFN V, em Uberaba (MG), com capacidade de produção de 519 mil toneladas/ano de amônia; e uma planta para produção de sulfato de amônio que será instalada na fábrica de fertilizantes de Sergipe.

Com a entrada em operação das UFNs III, IV e V, a Petrobras adicionará, ao parque produtivo nacional, uma capacidade de 600 mil toneladas/ano de amônia e 1.875.000 toneladas/ano de ureia. Somando-se à capacidade de produção das fábricas de fertilizantes da Bahia e de Sergipe, a capacidade total da Petrobras será de 2.931.000 toneladas/ano de uréia (71% do consumo nacional de ureia) e 782 mil toneladas/ano de amônia (100% do consumo nacional de amônia).

Uma vez em operação, a UFN III terá 505 postos de trabalho permanentes. A obra deverá gerar, em seu pico, 5 mil postos de trabalho. Para preparar esses trabalhadores e desenvolver pequenos fornecedores locais, a Petrobras utilizará o Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Prominp), buscando também o apoio de entidades dedicadas à formação profissional (Senai, Senac e Senat).

As obras de terraplenagem para construção da UFN III, em Três Lagoas, terão início em abril deste ano e a construção começará em setembro. A fábrica será instalada no Distrito Industrial Córrego da Moeda em área cercada por um cinturão verde que será plantado pela Petrobras.

A Licença de Instalação da UFN III foi entregue, hoje, à diretora da Área de Gás e Energia da Petrobras, Maria das Graças Silva Foster, pelo governador do Estado do Mato Grosso do Sul, André Puccinelli, em reunião realizada na sede do governo sul-mato-grossense, em Campo Grande, com participação da vice-governadora, Simone Tebet, do secretário estadual de Meio Ambiente, do Planejamento e da Ciência e Tecnologia e também diretor presidente do Imasul, Carlos Alberto Menezes, e da prefeita de Três Lagoas, Márcia Moura.


Assessoria de Imprensa

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a petróleo & gás:

Acúmulo de gás foi causa de explosão no México

As autoridades mexicanas disseram que um acúmulo de gás levou à explosão na semana passada, que matou 37 pessoas na sede da Petróleos Mexicanos. Esta é a explica ...
Irã será exportador de gasolina no próximo ano, diz Qasemi

O Irã planeja se tornar uma das maiores nações exportadoras de gasolina dentro de meses, apesar das sanções contra o país, disse o ministro do Petróleo ...
Lucros da Exxon sobe nos EUA

A Exxon Mobil Corp, a maior empresa do mundo de energia em valor de mercado, disse que o lucro do quarto trimestre teve a maior alta dos últimos cinco anos ...
Características de matéria volátil

Matéria volátil é qualquer substância que tenha uma tendência para vaporizar dadas as condições adequadas. A volatilidade da substância é medida pela sua pressão de ...
Como é feito o armazenamento de GNL

Quando o GNL (Gás Natural Liquefeito) é recebido na maioria dos terminais, é transferido para os tanques de armazenamento isolados, que são construídos especificamente para segurar o GNL. Estes ...
Noções básicas sobre Gás Natural Liquefeito (GNL)

O Gás Natural Liquefeito, ou de GNL, é o gás natural em sua forma líquida. Quando o produto gasoso natural é resfriado a menos 259 graus Fahrenheit (ou -161 ...
Extração de óleo

Os trabalhadores da indústria de petróleo e gás, incluindo engenheiros e geólogos que encontrar petróleo bruto e gás natural, supervisores da obra que supervisionam ...

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google