A dívida pública mobiliária federal interna do País cresceu 2,82% em fevereiro em relação a janeiro, atingindo R$ 1,586 trilhão, informou o Tesouro Nacional nesta quinta-feira. No mês passado, o governo fez uma emissão líquida no valor de R$ 27,25 bilhões e a apropriação de juros somou R$ 16,24 bilhões.

O volume de títulos da dívida interna na mão de não-residentes caiu pelo segundo mês consecutivo em fevereiro e somou R$ 180,68 bilhões, o equivalente a 11,4% do total. Em janeiro, este volume era de R$ 182 bilhões, ou 11,8% do total.

O estoque da dívida pública federal, incluindo também a dívida externa, cresceu 2,63% em fevereiro, para R$ 1,672 trilhão, segundo o Tesouro.

Autor(es): Redação Portal Terra

facebook      twitter      google+

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia