A utilização das Tecnologias de Informação como forma de reduzir as ineficiências na logística e cadeia de abastecimento, melhorando a adequação entre a oferta e a procura, foi o tema defendido por Paulo Magalhães, CEO da Tlantic, durante o World Foresight Forum. O evento visa estimular novas ideias para os maiores desafios do século XXI, com o objetivo de criar um mundo seguro e sustentável para as gerações futura.

A sessão Innovative Solutions for a Sustainable Supply Chain (Soluções Inovadoras para uma Cadeia de Abastecimento Sustentável) desafiou empresas, países e organizações a contribuir para um mundo mais sustentável melhorando a sua eficiência no abastecimento e pensando a logística a um nível global.

Como orador, Paulo Magalhães defendeu a emergência de um novo paradigma, onde a informação e a cooperação são fundamentais para evitar desperdícios. “Empresários, gestores, políticos e demais decisores devem fomentar a criação de redes de aprovisionamento (Supply Networks) ao invés de cadeias de aprovisionamento (Supply Chains), aplicando a inovação e tecnologias de informação a modelos sustentados na cooperação”, afirmou Paulo Magalhães.

O modelo apresentado para a Sustentabilidade no aprovisionamento dos negócios sugere a criação de um “Banco de Informação” para encontro de necessidades e disponibilidades de pessoas e empresas, evitando ineficiências como a circulação de contentores vazios, máquinas paradas sem utilização ou stocks acima do necessário.

Questões que revelam oportunidade para tornar a Supply Chain mais sustentável

Alguém mede o número ou distância percorrida por contentores, caminhões ou cargueiros vazios? E os fluxos redundantes ou desnecessários?

Alguém dispõe dos meios para poder combater o nível de ociosidade de inúmeros bens de capital fixo, desde veículos até unidades de produção? A que escala é que o faz? Da empresa, do país, da região?

E o desperdício gerado ao longo da cadeia de produção e distribuição? Quer na produção, baseada em processos de corte, perfuração e compressão, quer na distribuição, provocado sobretudo por previsões e erros na combinação de quantidades, preços, local e momento.

Estas três questões revelam que há uma enorme oportunidade para tornar a Supply Chain mais sustentável, nomeadamente por redução desses fatores de ineficiência. Está ainda por dar o salto que permitirá aplicar os meios hoje disponíveis, de captação, registro e processamento de informação, para transformar os processos tradicionais de gestão da Supply Chain. Estabelecer, desse modo, uma conexão mais eficaz entre o mundo físico (o dos átomos) e o mundo da informação (o dos bits) e beneficiar as decisões com o poder analítico de algoritmos inovadores e inteligentes.

Defendendo que o encontro entre procura e oferta de bens, ou entre o consumo e a produção, terá três elementos essenciais - (1) o marketing relacional, confiabilidade, (2) a mediação logística e (3) a informação - surgiu um modelo ideal que requer novas abordagens e maior cooperação.

“Esse modelo foi e deve continuar a ser alvo de uma discussão alargada que, com a inspiração de modelos de negócio reais e de natureza diversa, aponte passos que nos aproximarão das Supply Networks suportadas pela internet of things e também pela internet of people. Ou seja, por abrangentes Bancos de Informação que classificam e marcam, de forma ativa e imediata, necessidades e disponibilidades, para depois processar o seu encontro. Primeiro de bens e mercadorias; depois de meios logísticos para os entregar”, explica o CEO da Tlantic.

Sobre o World Foresight Forum

O World Foresight Forum é uma iniciativa da World Foresight Forum Foundation. Essa Fundação reúne decisores do mundo dos negócios, governos, académicos e da ciência com a finalidade de criar uma nova compreensão e abordagem para a resolução dos grandes desafios estratégicos que nosso Mundo enfrenta neste Século XXI. A Fundação tem como objetivo inspirar a todos nós a criar um Mundo seguro e sustentável para as gerações futuras.

Sobre a Tlantic

A Tlantic desenvolve software avançado para organizações inovadoras em todo o mundo. Com presença em Portugal e no Brasil, a Tlantic fornece soluções de elevado valor para varejistas, incluindo o Mobile Portal™, a solução de frente de caixa Unifo™, sites de comércio eletrônico e soluções transversais e interoperáveis, como o PowerSheets™, que integra interfaces ricas e versáteis a qualquer arquitetura de sistemas de forma simples e segura. Partindo sempre da perspectiva do cliente, a Tlantic ajuda as empresas a aumentarem a sua produtividade e a fidelidade dos seus clientes. Mais informações em www.tlantic.com.

Autor(es): Assessoria de Imprensa

facebook      twitter      google+

Armazenagem & Logística
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Armazenagem & Logística