A OGX Petróleo e Gás Participações (OGXP3) comunicou hoje entrega à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) de declarações de comercialidade das acumulações Califórnia e Fazenda São José, descobertas no Bloco PN-T-68, na Bacia do Parnaíba.

Adicionalmente, a companhia comunicou que foi identificada presença de hidrocarbonetos nos poços 1-OGX-34-MA e 3-OGX-38-MA, ambos no bloco PN-T-68, na Bacia do Parnaíba.

No OGX-34, poço pioneiro no prospecto Bom Jesus, foi encontrado 23 metros de net pay de gás em dois intervalos, nas formações Poti e Cabeças, sendo a terceira acumulação já descoberta na região.

Já o poço OGX-38, primeiro poço delimitatório da acumulação Fazenda São José (descoberta pelo poço pioneiro OGX-22), encontrou 43 metros de net pay de gás, na formação Poti, superando as expectativas iniciais de volume para essa acumulação. Esse poço continua em perfuração.

As acumulações de Califórnia e Fazenda São José serão os primeiros campos de gás natural da OGX. Segundo nota, a companhia estima que esses campos atinjam uma produção de 5,7 milhões de m3/dia já em 2013, o que corresponderá a uma produção total de 1,1 Tcf de gás.

O gás natural a ser produzido na região deverá ser preferencialmente fornecido para usinas termoelétricas a serem construídas pela MPX Energia S.A., empresa do Grupo EBX, em associação com a Petra Energia S.A., ambas parceiras da OGX no Bloco PN-T- 68.

Autor(es): Assessoria de Imprensa

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás