A Associação Brasileira de Metalurgia Materiais e Mineração ABM – traz, pela primeira vez à América do Sul, o Calphad - Computer Coupling of Phase Diagrams and Thermochemistry – que, em sua 40ª edição reunirá especialistas de renome da comunidade técnica e científica internacional envolvida com termodinâmica computacional, além de representantes de empresas que colocaram em prática, com sucesso, o método que vem revolucionando a área dos materiais industriais e seu processamento.

O evento, considerado o mais importante encontro mundial na área, será realizado no Hotel Intercontinental, Rio de Janeiro, entre os dias 22 e 27 de maio. “A possibilidade de pesquisadores, engenheiros e estudantes brasileiros interagirem com estes especialistas é única e, com certeza, trará enormes benefícios para a competitividade do País”, diz um dos coordenadores do Calphad, professor doutor André Luiz Vasconcellos da Costa e Silva (EEIMVR-UFF / IBQN).

A termodinâmica permite testar métodos e condições de processamento inovadores, rápidos e eficazes, reduzindo drasticamente o esforço e o tempo de desenvolvimento de novos aços, ligas de alumínio e ligas a base de níquel, explica Costa e Silva.

Os membros da comissão organizadora, também coordenada pelo professor doutor Fernando Cosme Rizzo Assunção (CGEE/PUC-Rio), afirma que serão apresentados 191 trabalhos e cases empresariais por profissionais de mais de 20 países.

CSN e Vale serão as empresas anfitriãs e as principais patrocinadoras da 40ª edição do Calphad, que conta ainda com o patrocínio da CBMM, Gerdau, RHI, Sandvik, Usiminas, V&M e Villares Metals.

Apóiam o evento, as seguintes empresas e entidades: MRS, Thermo-Calc Software, FactSage Thermfact , GTT-Technologies, Micress, SGTE, Capes, CNPq, Faperj, Petrobras e Rio Convention and Visitors Bureau.

Histórico

O Calphad é um evento internacional anual, que se repete sem interrupção desde 1973 em locais com tradição no cálculo computacional de diagramas de fase. Por isso, durante muitos anos só ocorreu na Europa e na América do Norte.

Mais recentemente, outros países conseguiram sediar o evento, que já foi realizado duas vezes em Israel e uma vez na China (1998) e na Coréia do Sul (2010). “A escolha do Brasil para sediar o primeiro Calphad no Hemisfério Sul é um reconhecimento à consolidação desta área em nosso País”, afirma o professor André, reconhecendo também a importância do apoio da ABM para a realização do evento.

“A Associação está ligada à área do conhecimento relacionada ao Calphad desde 1998, quando passou a apoiar o Comitê Brasileiro de Diagrama de Fases de Materiais, inclusive na Comissão Internacional (APDIC). Além disso, desde 1999, mantem uma sessão específica em seu Congresso Anual para a divulgação dos trabalhos dos cientistas e engenheiros brasileiros e internacionais da área de Diagramas de Fases e Termodinâmica”, complementa.

Informações detalhadas da programação no portal da ABM:

http://www.abmbrasil.com.br/seminarios/calphad/2011/default-i.asp

Autor(es): Assessoria de Imprensa

facebook      twitter      google+

Feiras & Eventos
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Feiras & Eventos