Depois da onda de explosão de bueiros na Zona Sul, em abril e junho, dessa vez o alvo foi o centro da cidade. Na noite de ontem, mais um caso foi registrado na Rua da Assembléia, centro do Rio, deixando três pessoas feridas. A área permanece interditada para análise pelos peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE).

De acordo com as informações da Light, peritos do ICCE encontraram gás no local e as caixas subterrâneas da companhia precisarão ficar abertas até que a substância se dissipe. A Companhia de Gás (CEG) foi responsável pela coleta de materiais no local e fará a análise.

Celso Luiz Figueiroa, engenheiro e consultor da Aremas explica que tais casos evidenciam a falta de uma política eficaz de manutenção e de investimentos na qualificação de profissionais em processos que envolvam riscos:

- A revisão de processos, procedimentos e a análise de riscos envolvidos em tarefas que exijam atuação humana pode ser o fator diferencial na hora de evitar um acidente, conta.

A ocorrência sucessiva de explosões no Rio revela a falta de manutenção das redes subterrâneas, o que é de responsabilidade exclusiva da light. Segundo informações da Prefeitura, a Procuradoria Geral do município irá divulgar medida legal contra a companhia distribuidora de luz, que deverá pagar a multa de 100 mil reais para cada bueiro que explodir:

Figueiroa analisa como os estudos de engenharia de confiabilidade, ramo da engenharia que estuda prevenção e análise de riscos em operações, pode evitar que casos como o da explosão dos bueiros se repitam:

- Prioriza-se a segurança e é realizada uma análise de todas as atividades envolvidas no processo para averiguar se o trabalho envolve alguma situação de risco. Após o mapeamento, os pontos críticos são verificados, com posterior elaboração de uma lista de ações efetivas, através de acompanhamento, monitoração, exemplifica.

Figueiroa explica que os estudos de engenharia de confiabilidade também buscam reverter favoravelmente situações pós-falha, visando uma recuperação rápida no sistema, de forma a evitar acidentes e impactos maiores e alerta para a importância da metodologia em segurança do trabalho:

- Neste setor, são grandes as aplicações da engenharia, pois em todos os acontecimentos o humano é ator do processo que levou ao acidente, daí a importância da prevenção,manutenção, análise e confiabilidade, conclui.

Autor(es): Assessoria de Imprensa

facebook      twitter      google+

Manutenção
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Manutenção