A SKF do Brasil recebeu, na última semana, a visita do conselho internacional do Grupo. A comitiva, composta por 13 executivos do conselho global da empresa, entre eles o presidente e CEO do Grupo SKF, Tom Johnstone, esteve reunida no país pela primeira vez a fim de conhecer de perto as atividades realizadas regionalmente pela SKF.

A cada ano, o grupo visita uma unidade fora da Suécia, onde está sediada a matriz da SKF. A escolha do Brasil, entretanto, não foi por acaso: a unidade brasileira, juntamente com os BRICs, tem ganhado um papel importante nos negócios da companhia no mundo – sendo que o país deverá aumentar sua participação nas vendas globais em 10%, até 2015.

Em sua estada no país, Tom Johnstone reafirmou a relevância do Brasil e o interesse em ampliar as operações locais, estimando o aporte de novos investimentos para os próximos anos, entre eles uma linha de produção para rolamentos de veículos comerciais e uma unidade para produção de soluções industriais.

“O encontro do conselho teve um peso importante para a SKF do Brasil. O trabalho realizado aqui ganhou mais visibilidade, isso amplia a possibilidade de recebermos mais investimentos”, declara Donizete Santos, presidente da SKF do Brasil.

Durante a visita, o grupo conheceu as instalações da fábrica em Cajamar (SP), composta pela linha de produção de rolamentos para veículos leves, com capacidade para 32 milhões de unidades/ano, e pela Ixion Solution Factory, unidade de engenharia que oferece ao cliente soluções industriais customizadas. O conselho visitou também alguns clientes como a Voith Brasil, do segmento de papel e celulose, e a Embraer, no ramo aeronáutico.

Segundo o executivo, o conselho global do grupo se impressionou com o trabalho da SKF do Brasil e os resultados obtidos no último ano, conquistando um faturamento de R$ 800 milhões e um crescimento 25% superior ao do ano anterior.

O grupo de executivos também teve a oportunidade de conhecer as ações de responsabilidade social implementadas pela SKF do Brasil, entre elas o grupo de jovens da Associação Atlética Vila Carolina, time de futebol formado por garotos de 13 e 14 anos da Zona Norte de São Paulo, que representará o Brasil no Gothia Cup 2011.

Os garotos embarcam para a Suécia no dia 17 de julho, onde representarão o país no maior torneio de futebol juvenil do mundo, custeados pela SKF. Eles venceram a final do campeonato Meet the World Brasil 2011, promovido pela empresa e apoiado pela prefeitura do município de Cajamar, e carimbaram o passaporte para uma vaga no torneio que será realizado em Gotemburgo.

Sobre a SKF

O grupo sueco SKF é líder mundial nas plataformas de rolamentos, vedações, sistemas de lubrificação, mecatrônica e serviços na área de confiabilidade em manutenção industrial. Dono de um faturamento de US$ 9,5 bilhões em 2010, o grupo está presente em mais de 100 países, com mais de 120 plantas industriais.

A companhia chegou ao Brasil em 1915, oito anos depois de sua fundação na Suécia. No país, a empresa é líder de mercado nos setores em que atua. A produção da unidade brasileira está concentrada na planta industrial de Cajamar, instalada às margens da rodovia Anhanguera, a 30 km da cidade de São Paulo, onde são produzidos rolamentos para veículos leves.

Autor(es): Assessoria de Imprensa

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas