Desenvolvidas a partir da cana-de-açúcar, fonte 100% renovável, embalagens de ACTIVIA e DANONINHO chegam ao mercado a partir da segunda quinzena de agosto e integram uma série de iniciativas da Empresa em linha com a meta de reduzir em 30% as emissões de CO2.

São Paulo, 22 de agosto de 2011 – Líder de mercado na categoria de produtos lácteos frescos, a Danone, por meio de suas marcas ACTIVIA e DANONINHO e de sua parceria com a Braskem, aposta no plástico verde como mais uma inovação que deve contribuir com o cumprimento de seu sólido compromisso com o desenvolvimento sustentável.

ACTIVIA e DANONINHO, marcas de sucesso entre o público adulto e infantil, foram consideradas os melhores expoentes dentro do portfólio da Danone para incorporar a novidade nesse primeiro momento. A partir da segunda quinzena de agosto, o produto Activia 150g chega às gôndolas do Brasil em embalagens desenvolvidas a partir do Polietileno Verde I’m greenTM, um bioplástico derivado da cana-de-açúcar com certificação internacional. O produto Danoninho Leite Fermentado também acompanha a tendência e tem previsão de lançar suas garrafinhas com plástico verde em setembro.

A preocupação com a sustentabilidade não é algo novo no Grupo Danone, que incorporou a audaciosa meta global de reduzir em 30% as emissões de gás carbônico no período de quatro anos (2008-2012) e investe no desenvolvimento de novas tecnologias e inovações em seu portfólio, além de iniciativas como redução de resíduos e embalagens, do consumo de energia e água, e otimização da rede de logística.

“A Danone está comprometida em tornar seu negócio cada vez mais ambientalmente sustentável e isso reflete diretamente nas práticas de desenvolvimento de novas embalagens”, destaca Mariano Lozano, presidente da Danone. “As marcas ACTIVIA e DANONINHO dão uma importante demonstração de liderança e alinhamento aos anseios do consumidor brasileiro, mais atento às questões relativas à sustentabilidade”, conclui o executivo.

“A ampliação de nossa parceria com a Danone em torno do plástico verde, associando globalmente marcas reconhecidas como sinônimo de qualidade e confiança, cria valor para ambas as empresas e reforça o conceito do biopolímero como solução que também traz benefício à sustentabilidade”, diz Carlos Fadigas, presidente da Braskem.

Retângulo de cantos arredondados: VANTAGENS DO PLÁSTICO VERDE: ü a Resina Verde vem da cana-de-açúcar, um vegetal, portanto uma fonte renovável. Sendo cultivada de acordo com as melhores práticas, essa matéria-prima é reconhecida internacionalmente por seus benefícios ao meio ambiente quando utilizada para produção de bioplásticos. ü o Polietileno Verde é 100% reciclável. Como o polietileno é um material de alto valor agregado, a reciclabilidade é uma característica muito importante, pois viabiliza a reutilização do material por inúmeras vezes. ü a captura de gás carbônico (CO2) da atmosfera no processo de produção do plástico verde contribui para a redução dos gases do chamado efeito-estufa, que eleva a temperatura global. ü

A tecnologia verde – Resina verde, plástico verde, biopolietileno ou PE Verde são denominações para o Polietileno de Alta Densidade (PEAD), que passa a ser adotado em embalagens de ACTIVIA 150g e DANONINHO Leite Fermentado. A tecnologia inovadora foi desenvolvida a partir da cana-de-açúcar pela empresa brasileira Braskem e desde o início de 2011 começou a ser adotada de forma pioneira pelo Grupo Danone. Já é uma realidade em países como Estados Unidos, Alemanha, França, Bélgica e deve ser lançada também no Canadá e na Polônia.

Desenvolvida a partir da cana-de-açúcar, fonte 100% renovável, calcula-se que para cada tonelada da resina verde produzida são capturadas e fixadas até 2,5 toneladas de gás carbônico (CO2) da atmosfera.

A olho nu, os frascos não apresentam diferença alguma. Do ponto de vista prático, a distinção entre as embalagens tradicionais e as novas embalagens de Activia 150g e a de Danoninho Leite Fermentado se dará por meio de um “selo verde” usado para caracterizar o plástico verde produzido pela Braskem, o I’m greenTM . O uso desse selo exige o cumprimento de regras que buscam respeitar a transparência na comunicação ao consumidor, como por exemplo, informar o mínimo de conteúdo renovável nas embalagens dos produtos.

Certamente, a maior diferença está nas vantagens oferecidas ao meio ambiente com a diminuição na quantidade de CO2 emitido durante o ciclo de vida dos produtos, desde a produção ao descarte. No caso do produto Activia 150g, a adoção do plástico verde representa uma redução de aproximadamente 20% das emissões de CO2 deste item, enquanto em Danoninho Leite Fermentado chega a cerca de 30%.

Compromisso Danone: metodologia, tecnologia e inovações das marcas – O compromisso do Grupo Danone com o meio ambiente está expresso também em sua meta de reduzir em 30% suas emissões de CO2 em quatro anos e se manifesta permanentemente na gestão do impacto ambiental do negócio, na implementação de novas tecnologias, bem como em iniciativas de suas marcas.

Em relação à gestão, a Danone desenvolveu uma metodologia exclusiva denominada DanPrint (Danone Carbon Water Footprint) a fim de avaliar o ciclo de vida de seus produtos, mensurar e colaborar com a redução contínua das emissões de CO2 da companhia.

No âmbito da tecnologia para redução de embalagens, a adoção do plástico verde atende ao desafio incorporado pela Danone e traz uma evolução sustentável para a linha de garrafinhas, que complementa a solução já adotada pela Empresa para as embalagens do tipo termoformados (bandejas).

Conhecida por FOAM, do inglês ‘espuma’, devido à introdução de ar (O2) em sua composição, a tecnologia permite reduzir em até 19% o peso das embalagens dos produtos envasados em bandejas. As embalagens termoformadas representam hoje cerca de 55% de todo o volume de produtos da Companhia. Destas, a estimativa é que 80% adotem o FOAM até o final de 2011. Atualmente, a Danone Brasil é a única fábrica do Grupo que tem o FOAM habilitado em todas as suas plataformas de termoformados (bandejas).

ACTIVIA

Com relação à adoção do FOAM, de 2007 até o final de 2011, ACTIVIA, a marca líder da Empresa e da categoria de produtos lácteos frescos do País, reduziu 25% suas emissões de CO2 relacionadas à embalagem.

Além do FOAM e agora da resina verde, ACTIVIA iniciou a implementação, em novembro de 2010, de forma pioneira entre as marcas da Danone, o mixpaper, um novo material renovável para a tampinha do pote, que usa papel em vez de alumínio (recurso não-renovável), emitindo menos CO2. A previsão é que, com a conclusão deste projeto prevista para 2012, a Danone adote o mixpaper em todas as linhas de termoformados (bandejas).

Dessa forma, a marca ACTIVIA passa a contar com a adoção do plástico verde como um marco e mais um passo para um projeto amplo com o objetivo de reduzir impactos ambientais e apostar na sustentabilidade como mais um pilar de atuação da marca, em linha com as iniciativas do Grupo Danone.

DANONINHO

A aposta da Danone em um futuro mais sustentável está presente também no desenvolvimento de novos produtos e na contínua implementação de melhorias em seu portfólio. Isso pode ser evidenciado a partir do sucesso alcançado em 2010 com o lançamento de Danoninho para Plantar. A edição especial do tradicional petit suisse motivou, de maneira lúdica e interativa, a experiência e a educação ecológica junto aos pequenos consumidores. A iniciativa resultou no reflorestamento de 100 mil metros quadrados, correspondente a 20 mil mudas de espécies nativas de Mata Atlântica.

Além disso, Danoninho Morango 360g passou por melhorias em seu processo de produção, desde a produção do leite até a embalagem final do produto, com aumento da produtividade, redução no uso de energia e no peso das embalagens.

Ainda com relação às embalagens de Danoninho, para complementar a adoção do plástico verde prevista para setembro nas garrafinhas de Danoninho Leite Fermentado, já se pode afirmar que a implementação da tecnologia FOAM reduziu, desde 2007, cerca de 20% das emissões de CO2 relacionadas às embalagens do tipo bandejas.

Sobre a Activia

Activia está presente em cerca de 50 países. Ao Brasil, chegou em janeiro de 2004 e hoje é a principal marca dentro do setor de Produtos Lácteos Frescos do País, com 13% de market share (AC Nielsen / 2010). Activia é a marca de alimentos que mais investiu em mídia em 2010 (segundo o Monitor Evolution). De acordo com a pesquisa da Ipsos 2008, nove entre dez nutricionistas indicam o consumo de Activia.

Sobre a Danoninho

Danoninho, marca do tradicional queijinho do tipo petit suisse e que hoje conta com outros produtos em seu portfólio, é enriquecido com cálcio, nutriente que ajuda as crianças a crescerem com ossos fortes e vitamina D, que auxilia na absorção do cálcio. Danoninho têm a fórmula adaptada e adequada aos resultados do Estudo Nutri-Brasil Infância, desenvolvido pela Danone em parceria com o pediatra e nutrólogo Dr. Mauro Fisberg e pesquisadores de universidades e institutos de pesquisa do Brasil. Acesse: www.danoninho.com.br/nutribrasil

Sobre a Danone

O Grupo francês Danone é líder mundial de produtos lácteos frescos, vice-líder em águas, nutrição infantil e hospitalar. Reconhecida por sua proposta de contribuir para o bem-estar de seus consumidores, sempre de uma maneira prazerosa e saudável, a Danone é o terceiro maior grupo alimentício da Europa e o sétimo maior fabricante de alimentos do mundo - o primeiro em países como a França, Espanha e Itália. Presente em mais de 120 países nos cinco continentes, a Empresa conta com mais de 80 mil colaboradores. Há 40 anos no Brasil, a Danone, desde o lançamento do primeiro iogurte com polpa de frutas à variedade de opções de produtos lácteos frescos dos dias de hoje, revolucionou os hábitos de consumo e conquistou o paladar dos brasileiros, consolidando-se como sinônimo não só de iogurte, mas também de saúde e nutrição.

Sobre a Braskem

A Braskem é a maior produtora de resinas termoplásticas das Américas e líder mundial na produção de biopolímeros. Com 35 plantas industriais distribuídas pelo Brasil, Estados Unidos e Alemanha, a empresa produz anualmente mais de 16 milhões de toneladas de resinas termoplásticas e outros produtos petroquímicos. A empresa possui como sua visão 2020 “Ser a líder mundial em química sustentável, inovando para melhor servir as pessoas”.

Autor(es): Assessoria de Imprensa

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas